06:22 15 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Emily, ornamento de capô da Rolls Royce

    Rolls-Royce pagou propina para ter contrato com a Petrobras, acusa Pedro Barusco

    Mundo
    URL curta
    0 03

    O ex-gerente de Engenharia da Petrobras Pedro Barusco citou a britânica Rolls-Royce nos depoimentos feitos à Polícia Federal no âmbito da Operação Lava Jato, informou o jornal Financial Times.

    Barusco afirmou durante o processo de delação premiada que a empresa, que fornece turbinas usadas nas plataformas da Petrobras, pagou propina em troca de um contrato de US$ 100 milhões com a estatal.

    Ele afirmou à Polícia Federal, segundo o jornal, que recebeu pessoalmente ao menos US$ 200 mil da Rolls-Royce, valor que era parte da propina destinada a políticos e outros executivos da estatal.

    A publicação britânica menciona ainda que, no Reino Unido, a Rolls-Royce enfrenta acusações de corrupção e pagamento de propinas em operações realizadas na China e na Indonésia.

    O pagamento de propina da Rolls-Royce à Petrobras, segundo Barusco, foi operado por Luiz Eduardo Barbosa, ex-executivo do grupo suíço ABB. Amigo do ex-gerente da Petrobras, Barbosa teria organizado também o envolvimento da SBM Offshore e da Alusa no esquema de corrupção na estatal. Barbosa não foi encontrado pelo jornal britânico.

    A Rolls-Royce informou que "quer deixar claro" que não irá tolerar condutas indevidas de qualquer tipo e que a empresa tomará "todas as ações necessárias" para garantir isso.

    fonte: Estadão Conteudo

    Mais:

    Explosão em navio-plataforma da Petrobras deixa mortos e feridos no Espírito Santo
    Novo presidente da Petrobras defende o quadro técnico da empresa em entrevista
    Graça Foster pode deixar a presidência da Petrobras em março
    Tags:
    propina, investigação, Rolls-Royce, Petrobras, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik