17:32 17 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Mauro Vieira

    Relação entre Brasil e Argentina é "a mais estratégica de todas as relações"

    © AFP 2017/ SAUL LOEB
    Mundo
    URL curta
    0 101

    Os chanceleres brasileiro e argentino destacaram, durante uma reunião em Buenos Aires, a importância das relações entre os dois países.

    A agenda do novo ministro das Relações Exteriores do Brasil, Mauro Vieira, sua primeira visita à Argentina, teve encontros com o seu colega argentino, Héctor Timerman, com o primeiro-ministro argentino, Jorge Capitanich, e os ministros da Economia, Axel Kicillof, da Planificação Federal, Julio De Vido, e da Indústria, Débora Giorgi.

    Segundo a agência Télam, durante o encontro a nível de chanceleres, os dois ministros sublinharam a importância dos laços que unem os dois países. Disse Vieira:

    "Para o Brasil, a relação com a Argentina é a mais estratégica de todas as relações. Isso é comprovado pelo nível de interlocução que temos, o intercâmbio de visitas, as reuniões bilaterais que temos, uma prova concreta da importância desta relação".

    O ministro das Relações Exteriores brasileiro falava em espanhol durante o evento.

    Já o ministro argentino lembrou do encontro bilateral em Brasília, que pode ser celebrado dentro de três meses. O governo da Argentina quer discutir cooperação econômica entre os dois países.

    Segundo fontes da Agência Brasil, o acordo automativo voltou a ser discutido durante as reuniões da quarta-feira. O acordo atual expira em 30 de junho deste ano.

    Porém, a Télam comenta que a agenda abordou assuntos importantes das relações internacionais de uma maneira "ampla e geral", deixando uma discussão mais profunda para os vice-ministros.

    Os chanceleres também discutiram a participação em organismos internacionais, tais como o Mercosul, a Unasul, a Celac, e as relações com a União Europeia e a China.

    Outro assunto importante tocado foi a cooperação nuclear e espacial entre o Brasil e a Argentina.

    Mais:

    Ministro das Relações Exteriores da Alemanha adia visita ao Brasil
    Rússia e Brasil podem começar a usar moedas nacionais no comércio
    Ex-presidente do Banco do Brasil é nomeado para presidência da Petrobras
    Brasil tenta se reaproximar dos EUA
    Tags:
    Héctor Timerman, Mauro Vieira, Brasil, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik