21:45 24 Julho 2017
Ouvir Rádio
    Encontro dos Ministros das Finanças do G20 em Istambul

    Ministros do G20 em Istambul condenaram a manipulação cambial

    © REUTERS/ Murad Sezer
    Mundo
    URL curta
    128831

    O tema das “guerras cambiais” já fez parte da pauta do G20. Este assunto foi amplamente discutido após a crise de 2008-2009, quando alguns países foram acusados de enfraquecer artificialmente o câmbio de suas moedas nacionais.

    O chefes das pastas de finanças e dos Bancos Centrais do G20, reunidos em Istambul, reafirmaram ser inadmissível o uso do câmbio para aumento da competitividade das economias nacionais, revelou aos jornalistas, no fim do encontro, o ministro das finanças da Rússia, Anton Siluanov, informou RIA Novosti. 

    Segundo a autoridade russa, o tema do fortalecimento excessivo das moedas nacionais foi suscitado por diversos ministros. “Foi dito que as guerras cambiais não ajudam nenhuma das economias”, disse Siluanov. No entanto, as partes concordaram que as alterações cambiais também podem estar relacionadas à situações objetivas, como a redução das contas correntes em função da queda no fornecimento das commodities, como acontece na Rússia e outros países exploradores de petróleo.

    “Por outro lado há casos, quando os países tentam manipular o câmbio artificialmente, para obter vantagens competitivas. Nesse caso, todos concordaram que isso é errado e inadmissível. Esta posição foi manifestada nos encontros que se seguiram entre os ministros das finanças do G20”, explicou o chefe da pasta das finanças russo.    

    O tema das “guerras cambiais” já fez parte da pauta do G20. Este assunto foi amplamente discutido após a crise de 2008-2009, quando alguns países foram acusados de enfraquecer artificialmente o câmbio de suas moedas nacionais.

    Tags:
    guerra cambial, G20, Istambul, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik