04:19 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Forças da OTAN durante exercícios

    OTAN está dobrando a sua Força de Reação Rápida

    © Sputnik/ David Hizanishvily
    Mundo
    URL curta
    0 530

    Parte desta força reforçada incluirá a criação do grupo de alerta máximo, que deverá dispor de cerca de 5.000 homens, capazes de um deslocamento rápido em qualquer operação terrestre, naval ou aérea.

    A Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) tem a intenção de aumentar a sua Força de Reação Rápida de 13.000 para 30.000 soldados, declarou o secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg na quinta-feira, 5 de fevereiro.

    "É a resposta para o que estamos vendo a Rússia fazer ao longo de um período de tempo, a decisão está em plena conformidade com as nossas obrigações internacionais", acrescentou Stoltenberg, referindo-se à crise na Ucrânia.

    O secretário-geral também disse que espera que os ministros decidam sobre a criação de seis unidades de comando e controle, a serem localizadas em seis dos aliados orientais da OTAN, servindo como uma ligação entre a defesa nacional dos países e as forças da OTAN.

    A OTAN está reforçando a sua presença militar na Europa Oriental, à luz da crise ucraniana, acusando a Rússia de estar envolvida no conflito. Moscou tem repetidamente negado as acusações e expressou preocupação com o grande aumento de forças da OTAN ao longo da sua fronteira ocidental.

    Tags:
    Exército, OTAN, Jens Stoltenberg, Europa, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik