Henrique, torcedor brasileiro, perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018

Em meio a revés alemão, brasileiros celebram seu time na capital russa (FOTOS, VÍDEO)

© Sputnik / Ekaterina Nenakhova
Moscou
URL curta
Ekaterina Nenakhova
421

O dia 28 de julho foi último na fase de grupos para a equipe canarinho. Poucas horas antes do jogo, chegou notícia sobre a eliminação da Alemanha, que em 2014 foi realizadora do pesadelo de Maranhaço. A Sputnik Brasil saiu aos principais locais onde se reuniu a torcida brasileira e descobriu o que ela está achando da Rússia.

"Cristiano veio pra passear… Nós temos Neymar!" — foram estes e muitos outros os gritos da torcida que estrondearam ontem (27) na capital russa, aonde a Seleção finalmente chegou para disputar o primeiro lugar do grupo E. O samba realmente atingiu o coração do país em todo lugar: nas estações de metrô, nas ruas do centro, nos barzinhos e festivais de fãs.

A euforia dos torcedores ainda aumentou quando se descobriu a lição dada pelos coreanos à "máquina alemã": essa foi a primeira vez em que o time foi eliminado da fase de grupos desde 1978. Porém, alguns torcedores confessaram que prefeririam ver uma final com a Alemanha mesmo, para evidenciar uma verdadeira revanche.

"A gente queria ganhar por conta própria. Seria uma revanche mais justa, mas se eles não têm capacidade de enfrentar a gente agora… fazer o que, não tem problema, né. E seremos hexa de qualquer jeito, com Alemanha ou sem Alemanha. A verdade é essa: seremos hexa! Não muda nada para a gente", diz carioca Felipe, em meio à vibração do grupo de torcida acalorada.

© Sputnik /
Torcida brasileira celebra sucesso da equipe

Mas no futebol as coisas frequentemente ficam pouco previsíveis: assim, neste ano muitas seleções favoritas acabaram surpreendendo com baixo desempenho. O Brasil, porém, seguiu em frente apesar das previsões pouco otimistas.

"Eu preferia pegar Alemanha do que o México, porque o México…. Os caras são muito fortes, assim, no último jogo que a gente viu deles, eles estavam muito fortes. […] Mas a Copa é uma surpresa. Tudo que a gente quer nem sempre se realiza", desabafa David, de São Paulo, cuja origem é de fato de Ilha Formosa, mais conhecida como Taiwan.

Torcedor brasileiro perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018
© Sputnik / Ekaterina Nenakhova
Torcedor brasileiro perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018

Outro torcedor ao lado de David, chamado Carlos Alberto, assegura que sua estadia pela Rússia tem sido absolutamente incrível até agora.

"Perfeito, perfeito. Estamos nos sentindo em casa. Parece que estamos no Brasil!", assegura, elogiando ainda a elevada segurança no país que, evidentemente, é muito maior que na sua Pátria.

E não são apenas os homens que afirmaram se sentir seguros na Copa. Uma dupla de amigas de Salvador, Úrsula e Paola, desembucham que chegaram à Rússia sozinhas e não sentiram nenhum risco mesmo saindo às ruas de noite.

© Sputnik /
Meninas brasileiras elogiam segurança na Rússia

Aí, as meninas dizem que "a gente veio sozinha e deu a cara à tapa mesmo" e "não teve nenhum problema". "A gente anda de noite e de madrugada. Voltando do jogo e do bar sem problema nenhum. A gente achou bem seguro. Está ótimo!", narra Paola.

Além disso, as amigas ressaltaram que o Brasil parece estar recebendo uma atenção especial dos russos.

"A gente percebeu que o Brasil aqui é muito adorado pelo mundo todo. Quando a gente sai com a bandeira do Brasil, todo mundo […] quer tirar foto. Então para a gente é muita alegria estar aqui e receber essa energia do mundo todo", conta a brasileira.

De fato, Paola contou que essa experiência "superou todas as expectativas", ela e Úrsula já estão planejando a próxima viagem para a Rússia, pois mesmo as pequenas cidades, à parte de Moscou e São Petersburgo, são "super acolhedoras" e "gostosas".

Úrsula e Paola, torcedoras brasileiras, perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018
© Sputnik / Ekaterina Nenakhova
Úrsula e Paola, torcedoras brasileiras, perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018

Muitos torcedores brasileiros confessaram para nós que fizeram questão de provar os pratos exclusivamente típicos da Rússia, entre eles a famosa sopa borsch, as espetadas de carne que os russos costumam chamar de shashlyk, pelmeni e muitas outras delícias. E não só provaram — asseguram ter curtido imenso!

© Sputnik /
Brasileiros confessam seu amor pela Rússia

Nessa noite, a zona do FIFA Fan Fest também ficou toda ocupada pelas cores da bandeira brasileira. O clima antes do primeiro gol, sendo que quase todo o primeiro tempo passou sem abrir o placar, estava tenso.

Torcedores brasileiros assistem ao jogo Brasil-Sérvia no FIFA Fan Fest em Moscou, em 27 de junho de 2018
© Sputnik / Ekaterina Nenakhova
Torcedores brasileiros assistem ao jogo Brasil-Sérvia no FIFA Fan Fest em Moscou, em 27 de junho de 2018

Mas logo que o time canarinho avançou e bateu em cima dos sérvios, a torcida se enlouqueceu. Aí, o pessoal passou a entoar gritos de torcida mais populares e a celebrar seus craques.

FIFA Fan Fest, em Moscou, durante o jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018
© Sputnik / Ekaterina Nenakhova
FIFA Fan Fest, em Moscou, durante o jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018

Dava para ver que nas arquibancadas o Brasil também estava dominando mesmo — e, pelo visto, conseguiu cumprir a promessa e garantir ao seu time o melhor ambiente possível, como se tivesse jogado em casa.

  • Torcedor brasileiro perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018
    Torcedor brasileiro perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018
    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
  • Torcedores brasileiros perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018
    Torcedores brasileiros perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018
    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
  • Torcedores brasileiros perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018
    Torcedores brasileiros perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018
    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
  • Torcedores brasileiros perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018
    Torcedores brasileiros perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018
    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
  • Torcedores brasileiros tiram uma foto com russo perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018
    Torcedores brasileiros tiram uma foto com russo perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018
    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
  • Torcedores brasileiros perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018
    Torcedores brasileiros perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018
    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
  • Torcedor brasileiro perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018
    Torcedor brasileiro perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018
    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
  • Torcedora brasileira perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018
    Torcedora brasileira perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018
    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
1 / 8
© Sputnik / Ekaterina Nenakhova
Torcedor brasileiro perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018

A próxima parada da Seleção Brasileira será a cidade russa de Samara, onde a equipe se enfrentará com o México. Siga a Sputnik Brasil para conferir mais histórias!

Mais:

Alemanha dá vexame e Brasil confirma favoritismo no grupo: o dia da Copa em fotos
Já viu a bola do mata-mata da Copa do Mundo 2018?
‘Desculpa, Rússia’: brasileiros lançam campanhas após episódios lamentáveis na Copa
Jeitinho brasileiro: baiano ganha dinheiro como guia turístico na Copa
Brasileiros na Copa da Rússia comentam vídeos desrespeitosos de conterrâneos
'Elas na Copa': Grupo de brasileiras cruza o mundo para ver Seleção de perto na Rússia
Tags:
time, seleção, torcida, futebol, Copa do Mundo de 2018, Seleção Brasileira, Neymar, Alemanha, Moscou, Rússia, Brasil
Padrões da comunidadeDiscussão
Comentar no FacebookComentar na Sputnik