Restaurante Voronezh em Moscou

Moscou

Há restaurantes para todos os gostos, recursos e humores em Moscou. A capital russa recebe cozinheiros famosos de todo o mundo, mas os chefs locais também não cedem na sua maestria. Cada turista de longe pode facilmente encontrar em Moscou as refeições da sua cozinha nacional. E a cozinha russa está lá por todos os lados.

Onde comer

Interior do restaurante da cozinha russa Café Pushkin
© Foto : Café Pushkin
Café Pushkin

Endereço: Moscou, Bulevar Tverskoy, 26A

Média de preço: ₽₽₽₽

Cozinha: Italiana / Europeia

Telefone: +7 (495) 739-00-33

Horário de funcionamento: 24 horas todos os dias

Há mais de 50 anos, Moscou foi visitada pelo cantante francês Gilbert Bécaud. Pelo menos na sua imaginação: a sua canção "Nathalie" (1964) ganhou o público francês e soviético. A canção conta o seguinte: "A Praça Vermelha estava branca, / A neve cobria tudo, / E eu seguia neste domingo frio / Nathalie / Ela falava frases solenes / Sobre a Revolução de Outubro / E eu já ficava pensando / Que depois da tumba de Lenin / A gente iria ao Café Pushkin / Tomar chocolate quente."

Muitos turistas franceses, inspirados na canção, procuravam em Moscou o café Pushkin. Só que não existia! Assim, em 1999, o empresário Andrei Dellos tornou a imaginação francesa realidade e abriu o restaurante Café Pushkin em uma mansão no centro de Moscou. A inauguração do local contou com a atuação do Gilbert Bécaud, que cantou, naturalmente, "Nathalie".

O chef do restaurante se chama Andrei Makhov e está aí desde a abertura. Ele fez realidade o sonho do fundador: servir pratos das cozinhas russa e francesa da época de Pushkin, grande poeta russo nascido em 1799 e morto em 1837. O cardápio usa linguagem daquela época também, retomando até as particularidades do alfabeto (o alfabeto cirílico sofreu uma "revolução" em 1918, retirando boa parte das letras). Em um pouco mais de 20 anos, o restaurante ganhou muita popularidade entre os visitantes de todo o mundo, chegando a ser toda uma atração da capital russa.

Restaurante Voronezh em Moscou
© Sputnik / Kirill Kallinikov
Voronezh

Endereço: Moscou, Rua Prechistenka, 4

Média de preço: ₽₽₽

Cozinha: Americana / Mexicana / Italiana / Europeia

Telefone: +7 (495) 695-06-41, +7 (495) 695-06-43

Horário de funcionamento: todos os dias 8h-24h

O térreo é a "comida rápida da classe Premium". Aqui, você pode pedir um sanduíche ou pastrami — ou se quiser, peixe e sobremesa. O sanduíche pastrami é feito da parte superior de brisket (peito bovino), cortado em fatias finas. A carne passa oito dias de molho em salmoura especial e depois é defumada por 12 horas em forno à lenha moída de cerejeira. O prato é servido sobre pão de centeio com molho de mel e mostarda e pepinos salmourados.

Também está no térreo uma loja que vende carne bovina crua, salsichas caseiras, churrasco e carne de aves para cozinhar em casa.

O restaurante "sério" ocupa os três andares restantes. O rei aqui é o bife, tem mais de 30 tipos. O mais popular é o bife Rib Eye (espécie de bife ancho) — "o maior marmoreio", segundo o cardápio.

Há também pratos russos tradicionais, como o borsch ou salada russa (o nome russo é oliviê). Mas a nossa recomendação é sopa de peixe com vodca da casa, feita de quatro tipos de peixe do Norte russo — salmão, bacalhau, esturjão, muksun (espécie Coregonus muksun), raiz de salsão, cebola, cenoura, batata, tudo acompanhado com um copinho de vodca caseira.

Restaurante Syrovarnya em Moscou
© Sputnik / Kirill Kallinikov
Syrovarnya

Endereço: Moscou, Travessa Bersenevsky, 2/1

Média de preço: ₽₽₽

Cozinha: Italiana / Europeia

Telefone: +7 (495) 727-38-80

Horário de funcionamento: segunda-quinta, domingo 12h-24h, sexta-sábado 12h-2h

Este local abriu as suas portas faz pouco, mas já ficou popular. Aqui, queijos não são só servidos, mas feitos: há oito queijos caseiros, e você pode acompanhar o processo de preparação através de uma janelinha especial. O leite é de origem russa, e a quimosina vem da Itália. Todo o pessoal que participa da preparação dos queijos estudou com especialistas italianos.

O cardápio é composto de pratos típicos de aldeia: simples e compreensíveis, deliciosos, saudáveis e ecológicos. O queijo mais popular é burrata. Populares são também pratos que tem burrata: por exemplo, a focaccia assada em forno à lenha com tomates e manjericão. Para a Copa 2018, o local tem uma novidade: salada de ricota, espinafre e framboesa. Além disso, o restaurante oferece pratos de carne, peixe, bifes assados e sobremesas.