06:10 19 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Sanções dos EUA contra o Irã
    © Sputnik /

    No dia 6 de agosto, os EUA anunciaram a imposição gradual de sanções contra o Irã, que foram canceladas depois da criação do Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA) sobre o programa nuclear de Teerã, firmado em 2015.

    As novas sanções abrangerão não somente os cidadãos e empresas iranianos, mas também, quaisquer parceiros estrangeiros de Teerã. As ações de Trump fazem parte da "pressão sem precedentes" do líder norte-americano que ainda antes de ter assumido a posse, fortemente criticou o JCPOA, o que culminou na saída dos EUA do tratado em maio deste ano.

    As medidas dos EUA buscam fazer o Irã mudar a sua política e concordar com um novo "acordo nuclear" que deve ser mais justo, segundo Washington. Entretanto, Teerã deu a entender que não pretende discutir nada até que os EUA voltem ao JCPOA, regresso esperado também pelos outros integrantes do tratado – Alemanha, França, Reino Unido, Rússia e China. 

    Mais:

    Irã não vê motivo para encontro entre Rouhani e Trump após saída dos EUA de acordo nuclear
    Conselheiro de Trump: EUA, Rússia e Israel querem Irã fora da Síria
    Irã não é 'presa fácil' e nunca será vassalo dos EUA, diz analista
    Tags:
    reação, sanções, Irã, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Mais infográficos