14:15 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Hoje atualizado
    URL curta
    0260
    Nos siga no

    Bom dia! A Sputnik Brasil está acompanhando as matérias mais relevantes desta segunda-feira (23), marcada pela possibilidade de estender a retirada das tropas dos EUA confirmada por Biden, pela explosão na plataforma do petróleo no golfo do México e pelas consequências da tempestade tropical nos Estados Unidos.

    TCU investiga razões por que governo pagou R$ 24 milhões por seguro de vacinas sem licitação

    O Tribunal de Contas da União está investigando se há irregularidades no contrato fechado pelo Ministério da Saúde, sem licitação, de um seguro internacional das vacinas Janssen e da Pfizer, informa o jornal Folha de São Paulo. Conforme a mídia, o governo pagou R$ 24 milhões para cobrir responsabilidades por eventos adversos dos imunizantes referidos. As consultas da pasta foram lideradas pela advogada Danielle Cavalcanti Sayao e por seu marido Álvaro Cavalcanti Sayao. Nenhum deles tem cargos públicos. Danielle foi indicada para a função no ministério por Zoser Hardman de Araújo, assessor especial, à época das negociações, do então ministro da pasta, general Eduardo Pazuello. O marido é sócio da empresa DMGA Consulting. Nas negociações do seguro de vacinas, Danielle e Álvaro usaram o e-mail da própria empresa para representar o governo nas tratativas. Mas, de acordo com os documentos obtidos pela Folha, Álvaro não tinha autorização do governo federal para participar da contratação.

    • Entretanto, o Brasil confirmou mais 331 mortes e 14.178 casos de COVID-19, totalizando 574.574 óbitos e 20.567.922 diagnósticos da doença, informou o consórcio entre secretarias estaduais de saúde e veículos de imprensa.
    Ministro da Saúde Marcelo Queiroga durante coletiva de imprensa, 18 de agosto de 2021
    © REUTERS / ADRIANO MACHADO
    Ministro da Saúde Marcelo Queiroga durante coletiva de imprensa, 18 de agosto de 2021

    Atraso de ajuda humanitária ao Haiti: FAB troca avião por 'questões técnicas'

    Ontem (22), a aeronave KC-390 Millennium que levava ajuda humanitária ao Haiti fez um pouso técnico na Base Aérea da Serra do Cachimbo, no sul do Pará. A Força Aérea Brasileira (FAB) confirmou que o avião precisou ser substituído. "Por uma questão técnica, houve a necessidade da troca por outra aeronave do mesmo tipo, realizando-se a transposição da carga e dos passageiros naquela localidade", cita o Correio Braziliense o comunicado da FAB. O KC-390 levava cerca de sete toneladas de materiais e equipamentos de emergência e 3,5 toneladas de medicamentos e insumos estratégicos da Saúde. O objetivo da missão é ajudar ao povo do Haiti a amenizar os problemas decorrentes de terremotos que atingiram o país desde 14 de agosto e resultaram em mais de 2.000 mortes. Devido às restrições de horário para pouso em Porto Príncipe, capital haitiana, o novo horário passou para hoje (23).

    Presidente Jair Bolsonaro com bombeiros brasileiros antes da partida para uma missão de resgate no Haiti, Base Aérea de Brasília, 22 de agosto de 2021
    © REUTERS / ADRIANO MACHADO
    Presidente Jair Bolsonaro com bombeiros brasileiros antes da partida para uma missão de resgate no Haiti, Base Aérea de Brasília, 22 de agosto de 2021

    Afeganistão: Biden diz que retirada das tropas pode ser estendida

    As tropas norte-americanas podem ficar no Afeganistão mais tempo do que o prazo de 31 de agosto, a fim de evacuar todos os americanos, disse o presidente Joe Biden em entrevista à ABC News. O Pentágono, por sua vez, confirmou que, até agora, os militares dos EUA não são capazes de chegar às pessoas além do aeroporto de Cabul. "Se ainda houver cidadãos americanos, vamos ficar até os tirarmos todos de lá", disse o presidente. Além disso, ele afirmou que o Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) está cooperando por enquanto na retirada dos cidadãos americanos para fora do país, mas "nós temos algumas dificuldades" na evacuação dos afegãos que ajudaram aos Estados Unidos. O mandatário também respondeu afirmativamente, quando questionado se Washington cogita a introdução de sanções contra o Talibã, acrescentando que isso dependeria do contexto. "Até agora, o Talibã não agiu contra as forças dos EUA. Até agora, eles, em geral, seguiram o que disseram em termos de permitir a passagem dos norte-americanos", declarou. Entretanto, a situação em torno do aeroporto na capital afegã permanece tensa. Em troca de tiros entre forças de segurança do Afeganistão e atacantes desconhecidos ao lado do aeroporto, morreu um oficial afegão. Mais três ficaram feridos, confirmou a Bundeswehr alemã. Forças alemãs e norte-americanas também estiveram envolvidas no conflito, segundo o oficial alemão.

    Presidente Joe Biden fala sobre furacão Henri e evacuação do Afeganistão, Casa Branca, Washington, 22 de agosto de 2021
    © REUTERS / JOSHUA ROBERTS
    Presidente Joe Biden fala sobre furacão Henri e evacuação do Afeganistão, Casa Branca, Washington, 22 de agosto de 2021

    Explosão causa incêndio na plataforma de petróleo Pemex no golfo do México; há feridos

    No domingo (22), foi registrada uma explosão em uma plataforma de petróleo da empresa Petróleos Mexicanos (Pemex), informou o veículo de imprensa Tribuna Campeche. A própria empresa estatal de petróleo confirmou depois que cinco pessoas ficaram feridas no incêndio decorrente da explosão na plataforma do campo petrolífero Ku-Maloob-Zaap no golfo. "A Pemex reporta que em torno das 16h30 [18h30, horário de Brasília] um incêndio na plataforma E-ku-A2 da Ku-Maloob-Zaap Production Asset, localizada na baía de Campeche, foi controlado", informou a empresa na conta do Twitter. A Pemex prometeu investigar as causas do incidente. "Até agora, cinco pessoas feridas por queimaduras estão sendo tratadas no Hospital Regional de Cideda de Carmen, Campeche. Felizmente, não foram registradas mortes por este incidente", adicionou a empresa. Ku-Maloob-Zaap é um dos maiores complexos petrolíferos off-shore do mundo, responsável por mais de 40% da produção diária da Pemex, que é cerca de 1,7 milhão de barris. Em julho, um vazamento de gás do oleoduto causou um grande incêndio subaquático na plataforma de petróleo Ku-Charly no mesmo complexo.

    Vista geral da refinaria da empresa petrolífera Pemex
    © REUTERS / Daniel Becerril
    Vista geral da refinaria da empresa petrolífera Pemex

    Rara tempestade tropical atinge costa nordeste dos EUA

    A tempestade tropical Henri atingiu o nordeste norte-americano com ventos ciclônicos e fortes chuvas na costa de Rhode Island neste domingo (22). Em resultado da tempestade, mais de 140.000 casas ficaram sem energia, enquanto as enchentes deixaram pessoas presas em seus veículos, com pontes fechadas e estradas inundadas. Entretanto, o número de mortos da inundação no Tennessee ultrapassou as 20 pessoas, com mais de outras 50 desaparecidas, conforme mídia dos EUA. A tempestade era qualificada como furacão antes de chegar a Nova Inglaterra. O Centro Nacional de Furacões avisou que a tempestade, em movimento lento, continuaria provocando fortes chuvas em vastas partes da região muito além do final de semana. Por dois dias, chuvas contínuas inundaram áreas até o sudoeste de Nova Jersey, mesmo quando o furacão assumiu o status de depressão tropical. O presidente Joe Biden declarou, durante o briefing no domingo (22), ter aprovado o estado de emergência para Rhode Island, Nova York e Connecticut, abrindo os cordões à bolsa para a ajuda federal à recuperação, e permitiu também prestar ajuda federal aos residentes dos estados afetados.

    Membros de equipe de resgate realizam busca de pessoas após tempestade tropical Henri em New Jersey, EUA, 22 de agosto de 2021
    © AFP 2021 / TOM BRENNER
    Membros de equipe de resgate realizam busca de pessoas após tempestade tropical Henri em New Jersey, EUA, 22 de agosto de 2021

    Rússia pode começar a negociar fornecimentos de hidrogênio com UE

    Rússia pode começar negociações a respeito de entregas de hidrogênio com a União Europeia no futuro, uma vez que a tendência se orienta para fontes de energia alternativas, disse o diretor do Departamento da Cooperação Econômica do MRE russo, Dmitry Birichevsky. "Acho que a Europa vai precisar dos recursos energéticos russos por muito tempo. Ao mesmo tempo, a ênfase pode ser deslocada de alguns tipos de energia para outros. Acredito que vamos iniciar negociações sobre o hidrogênio no futuro. Isso também é uma área de cooperação muito promissora com a UE e com nossos parceiros asiáticos", adicionou. Além disso, ele confirmou que as consultas Rússia-UE na Organização Mundial do Comércio (OMC) sobre as restrições ao fornecimento de bens e serviços europeus para as empresas estatais da Rússia estão provisoriamente programadas para setembro-outubro deste ano. "Isto significa que vamos de alguma forma trocar opiniões", disse. A UE solicitou as consultas da OMC, uma vez que considera que a regulamentação da Rússia relacionada com as atividades de certos organismos governamentais é discriminatória e incompatível com várias disposições do Acordo Geral sobre Pautas Aduaneiras e Comércio da OMC.

    Mais:

    Caça de coalizão liderada pelos EUA abate drone no leste da Síria
    Pentágono ativa reserva de aviões civis para acelerar evacuação do Afeganistão
    Talibã: 31 de agosto é 'linha vermelha' para tropas estrangeiras saírem do Afeganistão
    Tags:
    Brasil, Ministério da Saúde, Haiti, Joe Biden, Afeganistão, Talibã, Golfo do México, Pemex, explosão, tiroteio
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar