02:34 18 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Hoje atualizado
    URL curta
    2342
    Nos siga no

    Bom dia! A Sputnik Brasil acompanha as principais notícias desta terça-feira (20), marcada pela missão nordestina à Rússia pela importação da Sputnik V, pelo fim da era Castro em Cuba e pelo envio de navios militares do Reino Unido ao mar Negro.

    Consórcio do Nordeste vai à Rússia por Sputnik V

    Nesta segunda-feira (19), representantes do Consórcio de Governadores do Nordeste desembarcaram em Moscou para acelerar as exportações da vacina russa contra a COVID-19, Sputnik V, ao Brasil. Os representantes devem se reunir com autoridades do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya, que desenvolveu a vacina, e do Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI, na sigla em russo). "O objetivo dessas agendas é garantir condições para que, imediatamente após a liberação da Anvisa ou do Supremo Tribunal Federal [STF] para a importação da Sputnik V, tenhamos tudo desembaraçado para que as doses previstas para abril sejam despachadas", disse o governador do Piauí e presidente do consórcio, Wellington Dias, ao jornal O Globo. O Brasil confirmou mais 1.607 mortes e 35.885 casos de COVID-19, totalizando 375.049 óbitos e 13.977.713 casos da doença, informou o consórcio entre secretarias estaduais de saúde e veículos de imprensa. 

    Enfermeira aplica dose da vacina contra COVID-19, Sputnik V, em posto de vacinação instalado em shopping center em Moscou, Rússia, 7 de abril de 2021
    © Sputnik / Vladimir Pesnya
    Enfermeira aplica dose da vacina contra COVID-19, Sputnik V, em posto de vacinação instalado em shopping center em Moscou, Rússia, 7 de abril de 2021

    Senado derruba vetos de Bolsonaro ao Pacote Anticrime

    Nesta segunda-feira (19), o Senado Federal derrubou vetos do presidente, Jair Bolsonaro, ao chamado Pacote Anticrime, aprovado pelo Congresso Nacional em 2019. Com a derrubada, dispositivos como os que triplicam penas para crimes contra a honra, como calúnia, injúria ou difamação, quando esses forem cometidos ou divulgados pela Internet, voltam a vigorar. Além disso, está validado o uso pela defesa de provas baseadas em gravação ambiental, mesmo que feita sem o prévio conhecimento de autoridades. Os vetos ao projeto proposto pelo ex-juiz, Sergio Moro, em parceria com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, já haviam sido derrubados pela Câmara em março.

    Presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, após ser eleito primeiro-secretário do Partido Comunista da ilha, em Havana, Cuba, 19 de abril de 2021
    © REUTERS / Ariel Ley Royero
    Presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, após ser eleito primeiro-secretário do Partido Comunista da ilha, em Havana, Cuba, 19 de abril de 2021

    Cuba coloca fim à era Castro com eleição de Díaz-Canel

    Nesta segunda-feira (19), o presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, foi eleito para o cargo de primeiro-secretário do Partido Comunista da ilha, substituindo o ex-mandatário do país, Raúl Castro. A transição põe fim à era de liderança dos irmãos Castro, que se prolongava desde a Revolução Cubana, em 1959. Apesar da disposição em "conduzir um diálogo respeitoso e construir um novo tipo de relacionamento com os EUA", Díaz-Canel declarou que Cuba manterá "os princípios da revolução e do socialismo". "Existem limites que não devem ser ultrapassados", disse o líder cubano. O presidente russo, Vladimir Putin, congratulou Díaz-Canel pelo novo posto e fez votos pelo desenvolvimento da parceria estratégica entre Rússia e Cuba. 

    Autoridades dos EUA investigarão efeitos colaterais da vacina da Johnson & Johnson

    Autoridades sanitárias dos EUA vão investigar os efeitos colaterais da vacina contra a COVID-19 produzida pela farmacêutica norte-americana Johnson & Johnson, reportou a Reuters. A decisão foi tomada após o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC, na sigla em inglês) decidir pausar a vacinação com o imunizante da empresa após detecção de coágulos sanguíneos em seis pessoas, dias depois da administração da vacina. "Estamos esperançosos porque não é um número estonteante de casos, mas estamos investigando", disse a diretora do CDC dos EUA, Rochelle Walensky. Nesta terça-feira (20), a Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) deve divulgar os resultados de suas investigações sobre a vacina da Johnson & Johnson.

    Frascos com vacina contra o SARS-CoV-2 e uma seringa médica em frente a logotipo da Johnson & Johnson, em 31 de outubro de 2020
    © REUTERS / Dado Ruvic
    Frascos com vacina contra o SARS-CoV-2 e uma seringa médica em frente a logotipo da Johnson & Johnson, em 31 de outubro de 2020

    'O mundo quer justiça, não hegemonia', diz presidente chinês

    Nesta terça-feira (20), o presidente da China, Xi Jinping, pediu "justiça" internacional, em apelo para que as estruturas hegemônicas de poder sejam rejeitadas. "O futuro e o destino do mundo devem estar nas mãos de todos os Estados", disse Xi durante sua participação na Conferência Anual do Fórum de Boao para a Ásia. "As regras estabelecidas por um ou alguns países não podem ser impostas aos demais", acrescentou o líder chinês. Segundo ele, "um país grande deve se portar como um país grande ao demonstrar ser capaz de assumir mais responsabilidades". As declarações foram feitas conforme a China vira alvo de sanções norte-americanas, justificadas por supostas violações de direitos humanos cometidas por Pequim.

    Presidente da China, Xi Jinping, discursa durante o Fórum de Boao para a Ásia, em Hainan, China, 20 de abril de 2021
    © REUTERS / Kevin Yao
    Presidente da China, Xi Jinping, discursa durante o Fórum Boao Ásia, em Hainan, China, 20 de abril de 2021

    Navios militares britânicos no mar Negro são instrumento de intimidação, diz diplomata russo

    O pedido de passagem de navios militares britânicos no mar Negro é uma tentativa de intimidar a Rússia, disse fonte diplomática no Ministério das Relações Exteriores russo à Sputnik, nesta terça-feira (20). Na semana passada, Londres teria solicitado à Turquia o direito de passagem de dois destróieres e uma fragata antissubmarino pelo estreito do Bósforo para demonstrar solidariedade à Ucrânia. "Tudo o que está sendo feito sobre a entrada no mar Negro tem o único objetivo de aumentar a pressão sobre nosso país. Aparentemente, eles acham que nós vamos 'entender' algo e agir da maneira que eles gostariam", disse a fonte sobre o pedido britânico. Anteriormente, o Pentágono havia desistido de plano similar de envio de navios militares ao mar Negro.

    Mais:

    Esta onda é desencadeada pelos EUA, diz MRE russo sobre expulsão de seus diplomatas de vários países
    Rússia lança ataques contra terroristas na Síria e mata 200 militantes
    Impacto global das denúncias de Rússia e China sobre produtos do Brasil preocupa especialistas
    Tags:
    Cuba, EUA, China, Mar Negro, Rússia, vacinação, Sputnik V, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar