08:20 15 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Hoje atualizado
    URL curta
    1180
    Nos siga no

    Bom dia! A Sputnik Brasil traz as notícias mais relevantes desta segunda-feira (11), marcada pelo início da produção da vacina russa Sputnik V no Brasil, pelas investigações nos EUA sobre invasão ao Capitólio e buscas pela caixa preta avião da Sriwijaya Air.

    Brasil registra alta no número de mortes pela COVID-19

    Neste domingo (10), o Brasil registrou 483 mortes e 29.153 casos de COVID-19, de acordo com consórcio entre secretarias estaduais de saúde e veículos de imprensa. A média móvel do número de mortes alcançou 1.016, a maior desde meados de agosto. O governo do Japão anunciou ter detectado nova variante do coronavírus em quatro passageiros provenientes do Brasil. A variante, no entanto, não seria similar às variantes do Reino Unido e da África do Sul, que têm maior taxa de transmissão. "Até o momento, não há indícios de que a nova variante encontrada nos brasileiros seja altamente infecciosa", disse o chefe do Instituto Nacional de Doenças Infecciosas do Japão, Takaji Wakita. Ao todo, o Brasil registra 203.140 mortes e 8.104.823 casos de COVID-19. 

    Casal reage durante enterro de parente vítima da COVID-19, em Manaus, 8 de janeiro de 2021
    © REUTERS / Bruno Kelly
    Casal reage durante enterro de parente vítima da COVID-19, em Manaus, 8 de janeiro de 2021

    Vacina russa Sputnik V deve começar a ser produzida no DF, informa mídia

    A vacina contra COVID-19 russa Sputnik V deve começar a ser produzida no Distrito Federal (DF) nesta sexta-feira (15), informou a farmacêutica União Química. As doses produzidas pela empresa, em parceria com o Fundo Russo de Investimentos Diretos (RDIF, na sigla em russo), devem ser exportadas para países que já registraram o imunizante na América Latina, como Argentina e Bolívia. A vacina ainda não obteve autorização para ser administrada em território brasileiro. A Agência Brasileira de Vigilância Sanitária (Anvisa) analisa pedido de autorização para a condução de testes da fase três do imunizante no dia 29 de dezembro.

    Agente de saúde abre caixa com doses da vacina contra a COVID-19 Sputnik V, em 2 de dezembro de 2020
    © Sputnik / Vladimir Astapkovich
    Agente de saúde abre caixa com doses da vacina contra a COVID-19 Sputnik V, em 2 de dezembro de 2020

    EUA investigam participação de policiais e bombeiros na invasão do Capitólio

    Departamentos policiais dos estados norte-americanos da Virgínia e Washington colocaram policiais em licença administrativa após suspeita de participação nos protestos que levaram à invasão do Congresso Nacional do país. A líder democrata Nancy Pelosi voltou a pedir a retirada do presidente dos EUA, Donald Trump, que seria "desequilibrado e perigoso", do cargo. "Infelizmente, a pessoa que está liderando o Executivo é um presidente dos EUA insano, desequilibrado e perigoso [...] ele fez uma coisa muito grave e deve haver uma investigação contra ele", disse Pelosi. Na última quarta-feira (6), a invasão da sede do Congresso dos EUA conduzida por apoiadores de Trump, deixou cinco pessoas mortas e colocou em dúvida a transição pacífica de poder para o presidente eleito, Joe Biden, prevista para o dia 20 de janeiro.

    Apoiadora do presidente dos EUA, Donald Trump, segura bandeira durante manifestação em Beverly Hills, California, 9 de janeiro de 2021
    © REUTERS / Ringo Chiu
    Apoiadora do presidente dos EUA, Donald Trump, segura bandeira durante manifestação em Beverly Hills, California, 9 de janeiro de 2021

    EUA devem designar grupo iemenita como 'organização terrorista'

    Nesta segunda-feira (11), os EUA devem designar o grupo iemenita houthi como "organização terrorista", disse o secretário de Estado do país, Mike Pompeo. "A designação tem o objetivo de responsabilizar o Ansar Allah [movimento houthi] por seus atos terroristas, que incluem ataques transfronteiriços que ameaçam civis, infraestrutura e navegação comercial", disse o secretário em declaração oficial. O grupo, que controla boa parte do território do Iêmen, já se encontra sob sanções econômicas norte-americanas. A designação pode dificultar o acesso de organizações humanitárias ao país, que vive grave crise humanitária, de acordo com as Nações Unidas. 

    Homens armados patrulham cidade portuária de Aden, no Iêmen, 20 de dezembro de 2020
    © REUTERS / Fawaz Salman
    Homens armados patrulham cidade portuária de Aden, no Iêmen, 20 de dezembro de 2020

    Indonésia busca caixa preta de avião da Sriwijaya Air

    Nesta segunda-feira (11), a Indonésia deve conduzir buscas pela caixa preta do avião da Sriwijaya Air, que caiu neste sábado (9), vitimando todas as 62 pessoas a bordo. As autoridades indonésias mobilizaram mais 20 navios para os esforços de busca, num total de 53 embarcações. A caixa preta da aeronave contém dados importantes para que as autoridades acusem o motivo da queda do Boeing 737-500, que perdeu cerca de três mil metros de altitude em menos de um minuto, antes de cair no mar de Java. Os pilotos do voo SJ 185 teriam perdido controle da aeronave cerca de quatro minutos depois da decolagem de aeroporto da capital do país, Jacarta.

    Membros da Marinha indonésia carregam destroços do Boeing 737-500 da Sriwijaya Air, na costa da ilha de Java, em 10 de janeiro de 2021
    © REUTERS / M Risyal Hidayat
    Membros da Marinha indonésia carregam destroços do Boeing 737-500 da Sriwijaya Air, na costa da ilha de Java, em 10 de janeiro de 2021

    Líderes de Armênia, Azerbaijão e Rússia se reúnem em Moscou

    Nesta segunda-feira (11), o presidente russo, Vladimir Putin, deve receber os líderes da Armênia e do Azerbaijão para negociações no Kremlin, em Moscou. O encontro deve tratar da implementação do acordo de paz firmado entre as partes em novembro do ano passado, que colocou fim ao conflito pela região contestada de Nagorno-Karabakh. Os líderes devem tratar da assistência a moradores das áreas atingidas pelo conflito, além do reestabelecimento de rotas de comércio entre as partes, informou o gabinete da presidência da Rússia. Além de encontros trilaterais, o presidente russo deve se reunir separadamente com o premiê da Armênia, Nikol Pashinyan, e com o presidente do Azerbaijão, Ilham Aliev.

    Mais:

    Navio iraniano desafia sanções dos EUA e chega à Venezuela, segundo mídia
    Sonda da NASA descobre 'sinal Wi-Fi' proveniente de satélite de Júpiter
    Fora de vista: o que teria levado ao desaparecimento de Jack Ma, dono do Alibaba?
    Tags:
    Azerbaijão, Armênia, Rússia, Nancy Pelosi, Congresso dos EUA, eua, vacina, pandemia, COVID-19, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar