05:25 23 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Hoje atualizado
    URL curta
    0 240
    Nos siga no

    Bom dia! A Sputnik Brasil está de olho nas notícias mais importantes desta quinta-feira (3), marcada pela "rebelião" na Lava Jato, pela prorrogação do Auxílio Emergencial até o fim do ano, pelo possível processo de impeachment contra Crivella e pelo repúdio da China após restrições dos EUA aos seus diplomatas.

    Câmara do Rio decide sobre impeachment contra Crivella

    O presidente da Câmara de Vereadores do Rio, Jorge Felippe (DEM), anunciou que vai levar o pedido de impeachment contra o prefeito, Marcelo Crivella (Republicanos), ao plenário nesta quinta-feira (3). A denúncia mostra um suposto esquema montado com funcionários da prefeitura para fazer plantão na porta dos hospitais municipais do Rio, para atrapalhar reportagens e impedir que a população falasse e denunciasse problemas na área da saúde. A votação é por maioria simples. Se todos os 51 vereadores estiverem presentes na sessão, são necessários 26 votos para iniciar o processo.

    A deputada do PSOL Renata Souza e o vereador Tarcísio Motta, também do PSOL, protocolam na Câmara Municipal do Rio de Janeiro pedido de Impeachment do prefeito da cidade, Marcelo Crivella
    © Folhapress / Paulo Carneiro
    Pedido de Impeachment do prefeito da cidade do RJ, Marcelo Crivella

    Procuradores da Lava Jato em São Paulo pedem demissão coletiva

    Sete integrantes da força-tarefa da Lava Jato em São Paulo solicitaram afastamento da operação ao procurador-geral da República, Augusto Aras. O pedido coletivo de demissão ocorre um dia depois do coordenador da força-tarefa no Paraná, Deltan Dallagnol, anunciar sua saída da operação. A Lava Jato de São Paulo conduz investigações sobre obras como rodoanel e metrô, durante gestões de José Serra e de Geraldo Alckmin, do PSDB, bem como investiga familiares dos ex-presidentes Lula (PT) e Michel Temer (MDB).

    Manifestação Venha dar adeus a Deltan Dallagnol, em Curitiba (PR), nesta quarta-feira (2). O ato acontece um dia depois que Dallagnol anunciou sua saída da operação Lava Jato, da qual era coordenador
    © Folhapress / Eduardo Matysiak
    Manifestação "Venha dar adeus a Deltan Dallagnol", em Curitiba (PR)

    Prorrogação do Auxílio Emergencial sai no Diário Oficial da União

    O governo federal editou Medida Provisória (MP) que prorroga o Auxílio Emergencial até o final do ano. A MP foi publicada na edição da madrugada desta quinta-feira (3) do Diário Oficial da União. O Auxílio Emergencial contará com quatro parcelas de R$ 300. Mães responsáveis pelo sustento da família, que possuem direito à cota dobrada, terão o valor do auxílio possivelmente reduzido de R$ 1.200 para R$ 600, se mantidos os critérios atuais. De acordo com o presidente Jair Bolsonaro, o valor é menor, mas "atende" o que se espera do programa. Informações como as datas exatas dos novos pagamentos, provavelmente, estarão presentes na MP ou em futuras portarias do Ministério da Cidadania.

    Vista de celular conectado no aplicativo do auxílio emergencial e do Caixa Tem em São Paulo (SP), nesta terça-feira (1). O Presidente Jair Bolsonaro anuncia prorrogação do auxílio emergencial. O novo valor das parcelas que serão pagas até dezembro é de R$ 300
    © Folhapress / Willian Moreira
    Aplicativo do auxílio emergencial e do Caixa Tem em São Paulo (SP)

    Pequim repudia restrições impostas a diplomatas nos EUA

    A Embaixada da China em Washington questionou as restrições impostas pela Casa Branca a seus diplomatas nos EUA. Washington impôs restrições ao trabalho dos diplomatas chineses em território norte-americano. A partir de agora, diplomatas chineses precisarão obter permissões especiais para visitar universidades e realizar atividades culturais fora da sede diplomática. A embaixada chinesa ressaltou que, com essas medidas, Washington viola gravemente a Convenção de Viena sobre as relações diplomáticas, e instou os norte-americanos a revogar a decisão.

    Ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi (foto de arquivo)
    © Sputnik / Ilia Pitalev
    Ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi (foto de arquivo)

    Vacina russa Sputnik V passa por nova fase de testes

    Pesquisadores do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya, que possuem entre 70 e 80 anos, testaram a vacina Sputnik V contra a COVID-19, inclusive o próprio diretor do Centro, de 68 anos. Com isso, o Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya espera uma reação positiva do grupo de voluntários, para que a vacina receba a permissão para ser usada em pessoas de idade avançada. Os voluntários já vacinados estão saudáveis e ativos, e seguem trabalhando e praticando esportes.

    Produção da vacina russa contra COVID-19
    © Sputnik / Assessoria de imprensa do Ministério da Saúde
    Vacina russa contra COVID-19

    Mais de 2.200 pessoas são evacuadas de suas casas na Coreia do Sul

    O tufão Maysak está viajando pelo nordeste sul-coreano, fazendo com que ao menos 2.200 pessoas fossem evacuadas de suas casas. Além disso, uma mulher de 60 anos de idade morreu. No total, mais de 800 árvores, veículos, instalações e outros tipos de estruturas foram danificados durante a passagem do tufão. O reator nuclear Shin-Kori 4 teve suas operações suspensas devido a problemas no fornecimento de energia. O governo sul-coreano afirmou não ter ocorrido vazamento de material nuclear.

    Danos causados pelo Tufão Maysak na Coreia do Sul
    © REUTERS / Agência de Notícias Yonhap
    Danos causados pelo Tufão Maysak na Coreia do Sul

    Mais:

    EUA lançam míssil balístico intercontinental Minuteman III (FOTO)
    Deltan Dallagnol deixa a Lava Jato, diz MPF
    Próximo caça chinês pode ser um 'super F-35', segundo mídia
    Pequim desenvolve base de míssil às margens de lago sagrado para indianos, diz mídia
    Dispositivo que permite detectar SARS-CoV-2 no ar é criado na Rússia
    Vacina italiana será adaptável a qualquer estirpe do SARS-CoV-2, diz cientista
    Tags:
    Coreia do Sul, tufão, COVID-19, vacinação, vacina, auxílio financeiro, Marcelo Crivella, rio de janeiro, EUA, China, impeachment, lava jato, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar