07:21 28 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Hoje atualizado
    URL curta
    0 180
    Nos siga no

    Bom dia! A Sputnik Brasil está de olho nas notícias mais relevantes desta quarta-feira (24), marcada pela alta nos novos casos de COVID-19 nos EUA, por novos ataques israelenses na Síria e pela Parada dos 75 anos da Vitória, realizada em Moscou.

    Eleições municipais devem ser adiadas enquanto pandemia acelera no Brasil

    O Senado aprovou, nesta terça-feira (23), a proposta de emenda constitucional (PEC) que adia as eleições municipais de 2020, em função da pandemia de COVID-19. A PEC prevê a realização do primeiro turno dos pleitos municipais no dia 15 de novembro, e o segundo no dia 29 do mesmo mês. O texto, aprovado em dois turnos, segue para a Câmara dos Deputados. Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou mais 1.364 mortes por COVID-19, o segundo maior registro desde o início da pandemia. O país registra 1.151.479 casos e 52.771 óbitos pelo novo coronavírus.

    Banco Central suspende pagamentos pelo WhatsApp no Brasil

    O Banco Central do Brasil informou, nesta terça-feira (23), ter solicitado às operadoras de cartão de crédito Visa e Mastercard que suspendam o projeto para criar um sistema de pagamento digital com o aplicativo de mensagens WhatsApp no Brasil. Para o Banco Central, o projeto irá prejudicar a livre competição no mercado digital brasileiro. "Queremos preservar um ambiente competitivo adequado", informou a instituição em comunicado. O aplicativo WhatsApp e as operadoras de cartão de crédito haviam escolhido o Brasil para lançar projeto piloto de sistema de pagamento integrado.

    Espectadora assiste ao concerto da Filarmônica de Brasília, durante inauguração do cinema drive-in no estacionamento do aeroporto Juscelino Kubitschek, na capital brasileira, 23 de junho de 2020
    © REUTERS / Adriano Machado
    Espectadora assiste ao concerto da Filarmônica de Brasília, durante inauguração do cinema drive-in no estacionamento do aeroporto Juscelino Kubitschek, na capital brasileira, 23 de junho de 2020

    EUA já podem estar vivenciando 2ª onda de casos de COVID-19

    O conselheiro para assuntos epidemiológicos da Casa Branca, Anthony Fauci, anunciou nova alta nos casos de COVID-19 nos EUA. Para ele, as próximas duas semanas "serão críticas para a nossa capacidade de lidar com as altas" de casos em estados como Flórida e Texas. Nesse interim, o presidente Donald Trump foi alvo de críticas por sugerir que os EUA reduzissem o número de testes, uma vez que a grande quantidade de casos fere a imagem norte-americana. De acordo com o The New York Times, a União Europeia considera bloquear a entrada de visitantes dos EUA, em função da COVID-19.

    Conselheiro da Casa Branca Anthony Fauci durante audiência no Congresso dos EUA, em Washington, 23 de junho de 2020
    Kevin Dietsch
    Conselheiro da Casa Branca Anthony Fauci durante audiência no Congresso dos EUA, em Washington, 23 de junho de 2020

    Forças Armadas da Síria dizem ter sido atacadas por Israel em Hama

    Nesta quarta-feira (24), as Forças Armadas da Síria informaram ter sofrido ataques em duas cidades da província de Hama. "Israel realizou um novo ato aéreo de agressão, atacando várias de nossas unidades em Salamiyah e Sabburah, na província de Hama." O sistema sírio de defesa antiaérea teria sido capaz de repelir os ataques, feitos pelas forças israelenses, informou comandante das Forças Armadas da Síria em comunicado. As Forças de Defesa de Israel ainda não comentaram o incidente. Veja imagens dos ataques

    Irã volta a negociar se EUA pedirem desculpas por saída do acordo nuclear, diz Rouhani

    O Irã está disposto a retornar à mesa de negociações se os Estados Unidos se desculparem pela saída unilateral do acordo nuclear iraniano e compensarem Teerã pelas perdas, disse o presidente do Irã, Hassan Rouhani, nesta quarta-feira (24). Enquanto isso, o Irã continuará cooperando com a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), responsável por inspecionar o programa nuclear de Teerã, declarou o presidente. Ele pediu para que a União Europeia resista às pressões dos EUA e mantenha o acordo nuclear, assinado em 2015 por Irã, EUA, Rússia, China, Reino Unido, França, Alemanha e União Europeia. 

    Iraniana observa o eclipse solar na capital iraniana, Teerã, 21 de junho de 2020
    © REUTERS / Agência Wana
    Iraniana observa o eclipse solar na capital iraniana, Teerã, 21 de junho de 2020

    Rússia realiza Parada da Vitória: assista à parada na íntegra!

    A Sputnik Brasil transmite ao vivo as comemorações dos 75 anos do Dia da Vitória, em Moscou. Adiada em função da pandemia de COVID-19, a tradicional parada militar russa é realizada hoje, dia 24 de junho, data na qual foi organizada a primeira Parada dos Vitoriosos, após a vitória sobre a Alemanha nazista. Assista à Parada na íntegra aqui

    Mais:

    Em busca da paz: mais um país está prestes a entrar na guerra na Líbia
    Venda de estatal do Pré-Sal pode ajudar a pagar 'conta da pandemia' no Brasil, diz economista
    Filme 'Eles Lutaram pela Pátria': batalhão soviético se redime após recuar em Stalingrado
    Tags:
    Dia da Vitória, Rússia, Brasil, EUA, pandemia, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar