23:38 13 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Hoje atualizado
    URL curta
    11201
    Nos siga no

    Bom dia! A Sputnik Brasil está acompanhando as notícias mais importantes desta segunda-feira (20), marcada por massacre perpetrado por atirador no Canadá, pelas consequências da participação de Bolsonaro em passeata a favor da intervenção militar e pela possibilidade de novo adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

    Coronavírus no Brasil

    De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil registra 38.654 casos de COVID-19 e 2.462 vítimas fatais. Na última semana, houve um aumento de 101% no número de mortes, com a taxa de letalidade da doença atingindo 6,4%. Os sistemas de saúde do Ceará e do Amazonas entraram em colapso e as UTIs de São Paulo estão próximas de sua capacidade máxima. O Brasil é o 11º país mais afetado pela COVID-19 mundialmente, de acordo com a Universidade Johns Hopkins (EUA).

    © AP Photo / Edmar Barros
    Corpo de vítima da COVID-19 é transportado por agentes de saúde, em Manaus (AM), 17 de abril de 2020

    Indisposição com o Congresso põe em risco MPs do governo

    A semana inicia com mal-estar entre o Executivo e o Congresso, após participação de Bolsonaro em ato que defendeu uma intervenção militar, neste domingo (19). O presidente precisa que o Congresso vote duas Medidas Provisórias (MPs) que perdem a validade nesta segunda-feira (20): a MP do Contrato Verde e Amarelo e a MP que extingue o seguro DPVAT e DPEM. A MP do Contrato Verde e Amarelo reduz encargos trabalhistas a patrões que empreguem jovens em primeiro emprego com contrato de até um salário mínimo e meio. A MP que extingue o seguro obrigatório para acidentes de trânsito DPVAT e DPEM tem poucas chances de ser votada hoje, uma vez que não houve acordo entre os parlamentares acerca da matéria.

    Atirador mata pelo menos 16 no Canadá em pior ataque desde 1985

    Um atirador matou pelo menos 16 pessoas nas províncias atlânticas do Canadá, neste domingo (20). Gabriel Wortman, de 51 anos, teria utilizado um uniforme e um carro de polícia para realizar os ataques. Wortman atirou indiscriminadamente nas 16 vítimas, que não teriam relações com o atirador. Wortman foi executado, mas ainda não está claro se foi a polícia canadense a efetuar os disparos. As motivações do atirador tampouco foram esclarecidas. Esse é o pior massacre ocorrido no Canadá desde 1985, quando um outro atirador executou 15 mulheres. Saiba mais sobre o ataque

    © REUTERS / John Morris
    Policial ao lado de sua viatura, após a captura de atirador, na província de Nova Escócia, no Canadá, 19 de abril de 2020

    Protestos contra quarentena se disseminam nos EUA

    Neste domingo (20), os EUA registraram protestos contra as medidas de isolamento social impostas para conter a COVID-19. Manifestação na cidade de Denver, no estado do Colorado, reuniu cerca de 2.500 pessoas. O estado de Washington registrou a segunda maior mobilização. O presidente dos EUA, Donald Trump, divulgou o seu plano de reabertura da economia dos EUA na semana passada. No entanto, muitos governadores questionam a reabertura, que poderia ser prematura, e alegam não ter testes suficientes para avaliar se há desaceleração na propagação do vírus.

    Manifestantes durante protestos no estado de Washington, empunham cartazes com as frases Dê-me a liberdade, ou dê-me COVID-19 e Acabe com a Quarentena, nos EUA, 19 de abril de 2020
    © REUTERS / Lindsey Wasson
    Manifestantes durante protestos no estado de Washington, empunham cartazes com as frases "Dê-me a liberdade, ou dê-me COVID-19" e "Acabe com a Quarentena", nos EUA, 19 de abril de 2020

    Preço do petróleo nos EUA cai mais de 20% devido à preocupação com estoques

    O mercado de futuros de petróleo cru nos EUA abriu na segunda-feira (20) em forte baixa. Com a demanda por combustível em queda em função da COVID-19, o preço do petróleo cru nos EUA baixou para níveis inéditos desde 1999. Há forte preocupação com a falta de depósitos suficientes para estocar o petróleo cru não vendido: a quantidade de combustível estocada em navios petroleiros já é estimada em 160 milhões de barris. A partir de maio, a indústria mundial de petróleo irá reduzir extração da commodity para ajustar a oferta e a demanda, conforme acordo selado pela OPEP, Rússia e aliados.

    Pessoas usando máscaras protetoras no metrô de Tóquio, após o governo estender o estado de emergência na cidade, no Japão, 20 de abril de 2020
    © REUTERS / Kim Kyung-Hoon
    Pessoas usando máscaras protetoras no metrô de Tóquio, após o governo estender o estado de emergência na cidade, no Japão, 20 de abril de 2020

    Especialista japonês declara 'pessimismo' em relação a Jogos Olímpicos em 2021

    Nesta segunda-feira (20), o professor Kentaro Iwata, do departamento de doenças infecciosas da Universidade de Kobe, no Japão, declarou não acreditar que "os Jogos Olímpicos possam ser realizados" em 2021. Para ele, "seria necessário" não só "que o Japão controle a COVID-19", mas que "todos os outros países" o façam. Iwata disse que, mesmo que o Japão consiga controlar a doença até "o verão do ano que vem", os jogos precisariam ter "suas condições alteradas de forma significativa", com "participação reduzida" de atletas e "sem público", declarou durante conferência de imprensa.

    Mais:

    'Assustador ver manifestações pela volta do regime militar', diz ministro do STF
    Forças iranianas monitoram navios da Marinha dos EUA no golfo Pérsico (VÍDEO)
    EUA usam sistema russo Pantsir para proteger base militar no Iraque, diz mídia (FOTO)
    Tags:
    Jogos Olímpicos, Japão, Donald Trump, EUA, petróleo, atirador, Canadá, Brasil, quarentena, COVID-19, Bolsonaro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar