02:28 22 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    • Foto Dever, tirada no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF) no Rio de Janeiro, captada pelo vencedor do Grande Prêmio do concurso, Ary Bassous, mostra a médica Juliana Ribeiro acabando de retirar sua máscara protetora, depois de um plantão de oito horas na sala de emergência da COVID-19
    • Foto Eye in the Sky (Olho no Céu, na tradução em português) do fotógrafo indiano Rahul Bansal, que ficou em quinto lugar na categoria Fotografia de Arquitetura. Foto de roda-gigante no Dubai em um dia de neblina
    • Foto Embrace (Abraço, na tradução) do fotógrafo turco Ilhan Kilinc que ficou em segundo lugar na categoria Humanidade do concurso HIPA. Durante a pandemia, a maioria da população do mundo experimentou a dor de estar longe de seus entes queridos. Os funcionários da saúde não apenas estão na linha de frente combatendo a pandemia, mas também não podem ir para casa e se reunir com suas famílias e especialmente com os filhos
    • Foto Sanctuary (Santuário, na tradução) do fotógrafo da Noruega Eirik Gronningsaeter, que ganhou o terceiro lugar na categoria Geral – Cor
    • Foto The Strength Of The Artsakh (Força de Artsakh, na tradução) do fotógrafo britânico Alexander McBride, quinto lugar na categoria Portfólio. A foto mostra um momento dos protestos na Armênia em novembro de 2020
    • Foto Melting Gold (Ouro Derretido, na tradução) do fotógrafo indonésio Charles Saswinanto, que ganhou o primeiro lugar na categoria Fotografia de Arquitetura. O exterior único, com sua arquitetura dourada, faz lembrar ouro derretido nesta foto que tirei de um prédio localizado em Incheon, Coreia do Sul, escreve o autor da imagem
    • Foto Above The Polar Regions (Acima das Regiões Polares, na tradução) do fotógrafo francês Florian Ledoux, que ficou em primeiro lugar na categoria Portfólio
    • Foto The Eye (Olho, na tradução) do fotógrafo chinês Lin Jing, que ganhou terceiro lugar na categoria Fotografia de Arquitetura: No início, Deus criou o céu e a terra, antes de criar a luz. E quando Deus criou a luz, ele também criou escuridão, dando à beleza dimensões infinitas.
    • Foto Blast Scars (Cicatrizes da Explosão, na tradução) tirada pelo fotógrafo libanês Marc Abou Jaoude, terceiro lugar na categoria Humanidade. Foto mostra um motorista de caminhão ferido durante explosão do porto de Beirute em agosto de 2020
    • Foto Hugs to Survive (Abraços para Sobreviver, na tradução) do fotógrafo dinamarquês Mads Nissen, que tomou primeiro lugar na categoria Humanidade. Rosa Luzia Lunardi, de 85 anos, é abraçada pela enfermeira Adriana Silva da Costa Souza, o seu primeiro abraço recebido em cinco meses
    • Foto The Social Distance (Distanciamento Social, na tradução) do fotógrafo italiano Giuseppe Cocchieri, que ficou em primeiro lugar na categoria Geral – Preto e Branco
    • Foto Pareidolia, do fotógrafo dos Emirados Árabes Unidos Yousef Al Habshi Al Hashmi, quarto lugar na categoria Portfólio. Pareidolia é a tendência para a percepção incorrecta de um estímulo como objecto, padrão ou significado conhecido pelo observador, tal como ver formas nas nuvens, ver rostos em objetos inanimados ou padrões abstractos. O conjunto mostrado tenta encontrar rostos com características únicas sob o microscópio e dentro de uma área minúscula que mal pode ser vista
    • Foto Final Destination (Destino final, na tradução) do fotógrafo francês Sameer Al-Doumy, que ganhou o primeiro lugar na categoria Geral – Cor. Foto mostra migrantes sentados em um barco nas águas turbulentas, tentando atravessar a fronteira marítima entre França e Reino Unido, em agosto de 2020
    Foto Dever, tirada no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF) no Rio de Janeiro, captada pelo vencedor do Grande Prêmio do concurso, Ary Bassous, mostra a médica Juliana Ribeiro acabando de retirar sua máscara protetora, depois de um plantão de oito horas na sala de emergência da COVID-19.

    Na semana passada, foram anunciados os vencedores do 10º Prêmio Internacional de Fotografia Hamdan (HIPA), em que o fotógrafo brasileiro Ary Bassous ganhou o Grande Prêmio do concurso.

    O Prêmio Internacional de Fotografia Hamdan (HIPA) é uma competição internacional fundada em 2011 sob o patrocínio do príncipe herdeiro do Dubai, xeque Hamdan bin Rashid bin Mohammed al Maktoum.

    Neste ano, o principal tema do concurso foi "A Humanidade". De acordo com palavras do fotógrafo americano Gary Knight, um dos cofundadores e juízes do HIPA, "a humanidade é a coisa mais importante que uma lente pode capturar. É claro que os vencedores deste ano interpretaram a humanidade de formas poderosas e diversas".

    O cirurgião e fotógrafo brasileiro Ary Bassous da equipe do HUCFF ganhou o prêmio geral da categoria A Humanidade no valor de US$ 120.000 (cerca de R$ 625,5 mil). Outras categorias são Portfólio, Geral (Preto e Branco, Cor) e Fotografia de Arquitetura.

    Mais:

    Melhores fotos da semana em que frio bate recordes em várias regiões do Brasil
    Melhores fotos de semana em que Brasil começa provas dos Jogos Olímpicos
    Rayssa Leal e outros: atletas mais jovens e mais velhos das Olimpíadas de Tóquio
    Tags:
    fotos, concurso, fotógrafo, prêmio
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais fotos