20:46 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    • Homem protege janelas de casa antes da chegada do furacão Iota em Bilwi, Puerto Cabezas, Nicarágua, 15 de novembro 2020.
    • Barcos destruídos pelo furacão Iota em Bilwi, Nicarágua.
    • Mulher é evacuada em colchão de ar em meio à inundação, evocada pelo furacão Iota em Cartagena, Colômbia.
    • Imagem de satélite do furacão Iota.
    • Forças militares navais ajudam a evacuar pessoas na Nicarágua.
    • Trabalhadores em campos de banana são evacuados antes da chegada do furacão Iota em Honduras.
    • Furacão Iota na ilha de San Andrés, Colômbia.
    • Criança evacuada descansa em rede de abrigo em Bilwi, Nicarágua.
    • Nuvens de tempestade são vistas antes da chegada do furacão Iota em Tegucigalpa, capital de Honduras.
    • Cachorro em caminhão entre pertences de trabalhadores, evacuados da região de El Progreso, Honduras.
    • Patrulhas aéreas são realizadas em praias para evitar a entrada de banhistas na Colômbia.
    • Pessoas são evacuadas por causa da aproximação do furacão Iota em Puerto Lempira, Honduras.
    • Trabalhadores em estrada inundada durante evacuação por causa do furacão Iota, El Progreso, Honduras.
    • Pessoas esperam para ser evacuadas de campos de banana a bordo de um miniônibus no município de La Lima, Honduras.
    • Homem carrega colchão para abrigo enquanto o furacão Iota se aproxima de Puerto Cabezas, Nicarágua, 16 de novembro 2020.
    © AFP 2020 / Str
    Homem protege janelas de casa antes da chegada do furacão Iota em Bilwi, Puerto Cabezas, Nicarágua, 15 de novembro 2020.

    Furacão Iota, de 210 quilômetros por hora de velocidade, foi ao encontro da Nicarágua depois de devastar ilhas colombianas.

    Segundo o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos, "ondas de tempestade, ventos de intensidade catastrófica, inundações e deslizamentos são esperados nas regiões da América Central".

    Iota se tornou o 13º furacão atlântico a ser nomeado nesta estação. A temporada de furacões no Atlântico deve terminar no fim de novembro.

    O furacão Iota ganhou a nona letra do alfabeto grego no nome. Meteorologistas usam letras gregas quando acabam os nomes regulares, estabelecidos anualmente pela Organização Meteorológica Mundial. Na lista há 21 nomes.

    Mais:

    Satélite registra dezenas de raios dentro do furacão Laura no golfo do México (VÍDEO)
    Jacarés 'invadem' ruas inundadas em meio a furacão nos EUA (VÍDEOS)
    Furacão Delta toca o solo no estado americano da Louisiana
    Tags:
    furacão, inundação, tempestade, Nicarágua, Honduras, mar do Caribe
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais fotos