00:37 28 Maio 2018
Ouvir Rádio
    • Uma mulher chora em um hospital após  ataque suicida em Cabul.
    • Um homem choram enquanto outros tentam confortá-lo no local de um ataque suicida em Cabul.
    • Parentes das vítimas lamentam em um hospital após um ataque suicida em Cabul.
    • Uma mulher chora em um hospital depois de um ataque suicida em Cabul, no Afeganistão.
    • Parentes das vítimas levam um homem ferido para fora de um hospital após um ataque suicida em Cabul.
    • Parentes carregam um homem ferido do lado de fora de um hospital após um ataque suicida em Cabul.
    • Um homem em meio a cadáveres de um hospital depois de um ataque suicida em Cabul, no Afeganistão.
    • Um homem chora ao lado de uma menina ferida em um hospital depois de um ataque suicida em Cabul, no Afeganistão.
    • Homens afegãos inspecionam o local de uma explosão suicida em Cabul.
    © REUTERS / Mohammad Ismail
    Uma mulher chora em um hospital após ataque suicida em Cabul.

    O atentado terrorista perpetrado pelo Daesh (autodenominado Estado Islâmico) em Cabul, capital do Afeganistão deixou mais que 57 mortos e mais de 100 feridos, a maioria da corrente xiita hazará. Cenas fortes de dor e sofrimento de parentes e amigos dos mortos dão rosto a um dos atos mais violentos do grupo nos últimos meses.

    Tags:
    Estado Islâmico, Daesh, Cabul, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Mais fotos