21:11 19 Junho 2018
Ouvir Rádio
    • Livros e revistas sobre Xi Jinping em estande do Congresso Nacional do Povo, em março de 2018.
    • O presidente chinês em mais uma capa de revista.
    • A figura do presidente chinês está espalhada por cartazes em Pequim.
    • Xi Jinping em cartaz de centro para soldados aposentados, em Pequim.
    • Propaganda de livro do presidente chinês sob o slogan: Não esqueça de sua intenção original.
    • Cercado por camponeses em registro feito no vilarejo de Shibadon, na província de Hunan.
    © AP Photo / Andy Wong
    Livros e revistas sobre Xi Jinping em estande do Congresso Nacional do Povo, em março de 2018.

    O legislativo chinês abriu a porteira para o presidente Xi Jinping governar sem limites de mandato neste domingo (11). Ele é alvo de uma intensa campanha de culto à personalidade promovida pelo Partido Comunista, uma medida que não era vista desde o tempo de Mao Tsé-Tung.

    A imagem de Xi domina as primeiras páginas dos jornais estatais, horas de programação na televisão, capas de revistas, cartazes vendidos em mercados, outdoors em torno de parques e placas colocadas nas calçadas.

    Na televisão, o presidente chinês é retratado como um líder adorado por trabalhadores rurais e fazendeiros a engenheiros espaciais.

    O esforço de propaganda relembra o período da Revolução Cultural da China (1966-1976). O Partido Comunista, todavia, rejeita a comparação e afirma que Xi representa o núcleo de um Comitê Permanente formado por 7 pessoas.

    Mais:

    China elimina limite de mandatos presidenciais
    Em visita oficial de Macron, França e Índia acertam detalhes para conter China
    China manterá pressão sobre Coreia do Norte, diz Washington
    Como China e Estados Unidos disputam influência na África
    Adeus, dólar? Banco Central da China continua internacionalizando yuan
    O que se pode esperar da estação espacial da China que está caindo?
    China 'tomará medidas' em caso de guerra comercial com os EUA, diz chanceler
    Presença de porta-aviões dos EUA no Vietnã causa 'infelicidade' na China
    Tags:
    Mao Tsé-Tung, Xi Jinping, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Mais fotos