02:06 24 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Fotos

    A violência na Rocinha em nove fotos

    URL curta
    6183641
    • Um oficial da PM é visto durante tiroteio na Rocinha em 22 de setembro de 2017
    • Cerca de 950 homens do Exército estão na Rocinha.
    • Reforço foi um pedido do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB).
    • As troca de tiros entre facções rivais já duram dias.
    • As autoridades cariocas oferecem R$ 30 mil por informações que levem a prisão de Rogério 157, considerado o chefe do tráfico na Rocinha.
    • Segundo a Secretaria Municipal de Educação, a violência deixou 6.995 alunos sem aulas nesta sexta-feira (22).
    • Foram 26 unidades de ensino com as atividades suspensas.
    • Quero pedir calma e serenidade a todos, disse o prefeito carioca Marcelo Crivella (PRB) por meio de seu Facebook.
    • Comércio da região fechou as portas mais cedo.
    © REUTERS/ Leo Correa
    Um oficial da PM é visto durante tiroteio na Rocinha em 22 de setembro de 2017

    950 homens das Forças Armadas e dez blindados auxiliam cerco a criminosos na Rocinha, no Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (22). O local tem sido palco de intensos tiroteios.

    A suspeita é de que o tráfico de drogas na Rocinha esteja sendo disputado por grupos dos traficantes Antônio Bonfim Lopes, o Nem, e Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157.

    O ministro da Defesa, Raul Jungmann, disse que o envio das Forças Armadas foi um pedido do próprio governador Luiz Fernando Pezão (PMDB).

    Segundo a Secretaria Municipal de Educação, a violência deixou 6.995 alunos sem aulas nesta sexta.

    Mais:

    Tropas do Exército chegam para cerco e combate à guerra de traficantes na Rocinha (VÍDEOS)
    Tragédia na Rocinha poderia ter sido evitada, diz ex-coordenador das UPPs
    Além da Rocinha, Rio de Janeiro registra outros 15 tiroteios nesta sexta
    Ministro da Defesa autoriza envio do Exército para a Rocinha, no Rio de Janeiro
    Tags:
    Raul Jungmann, Luiz Fernando Pezão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Mais fotos

    • Uma mulher combatente curda depois da libertação de Raqqa
      Last update: 14:58 22.10.2017
      14:58 22.10.2017

      Mulheres combatentes curdas celebram libertação de Raqqa

      Em 22 de outubro, as Forças Democráticas da Síria (FDS), compostas por sírios e curdos, declaram ter libertado a cidade de Raqqa, que esteve sob controle do Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia) desde 2013. As mulheres participaram dos combates em condições de igualdade com os homens.

      11326
      12
    • Meninas durante da abertura do XIX Congresso do Partido Comunista da China
      Last update: 15:34 21.10.2017
      15:34 21.10.2017

      Melhores fotos da semana em que Trump ficou confuso

      Protestos violentos, festival da juventude e congresso comunista – confira as fotos mais marcantes da semana passada.

      0 3259
      30
    • Mulher com sistema de defesa aérea portátil Igla na exposição em São Petersburgo, junho de 2016
      Last update: 13:39 20.10.2017
      13:39 20.10.2017

      Poder feminino! Mulheres armadas roubam a cena em exposições bélicas mundiais

      Quem disse que mulheres não podem gostar de armas poderosas e equipamentos inovadores? A guerreira dentro de suas almas é despertada quando elas tomam em suas mãos máquinas mortíferas. Dê uma olhada nestas "Amazonas" de várias partes do mundo.

      0 1698
      14
    • Cristina Kirchner
      Last update: 23:57 17.10.2017
      23:57 17.10.2017

      Cristina Kirchner encerra sua campanha ao Senado em ato com 100 mil pessoas

      A ex-presidente Cristina Kirchner encerrou sua campanha ao Senado argentino com um ato acompanhado por 100 mil pessoas no estádio de futebol do Racing, localizado em Avellaneda, na grande Buenos Aires, nesta terça-feira (17).

      31315
      6