13:55 12 Julho 2020
Ouvir Rádio
    • Imagem de satélite do furacão Maria
    • A tempestade deixou 15 mortos na ilha de Dominica.
    • Já em Porto Rico, foi confirmada uma morte.
    • Autoridades de Porto Rico afirmam que partes do país estão sem energia elétrica e que normalização pode demorar meses.
    • Os ventos do furacão Maria atingiram 260 km/h.
    • Ao todo, 21 pessoas morreram em decorrência do fenômeno climático.
    • Estrago em depósito de containers nas Ilhas Virgens Americanas.
    © REUTERS / Handout: NASA/NOAA
    Imagem de satélite do furacão Maria

    O furacão Maria já causou a morte de 21 pessoas no Caribe.

    É a segunda tempestade de categoria 5, a mais alta possível, a atingir a região em menos de um mês. Com ventos de até 260 km/h, os impactos de Maria foram mais sentidos na ilha de Dominica e em Porto Rico.

    A região ainda estava se recuperando do furacão Irma — que deixou mais de 80 mortos no Caribe e nos Estados Unidos no começo de setembro.

    Mais:

    Furacão Maria atinge categoria máxima e chega à ilha de Dominica
    O furacão Maria aumenta para a categoria 4 e se torna 'extremamente perigoso' (VÍDEO)
    Caribe pode novamente ser devastado por mais um furacão
    Autor conta como foi feita foto mais popular da passagem do furacão Irma por Cuba
    Identificado monstro que foi arrastado pelo furacão Harvey para Texas (FOTOS)
    Quando natureza ataca: não brinque com o furacão Irma
    Trump irá conferir de perto estragos do furacão Irma na próxima quinta-feira
    Furacão Irma seria um 'invento do homem'?
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais fotos