00:23 30 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    • Ruínas do teatro antigo em Palmira
    • Palmira
    • Palmira
    • Túmulo de Askia no Mali
    • Templo de Nascimento de Jesus em Belém
    • Grande mesquita de Alepo
    • Minarete da mesquita de Umayyad, em 25 de abril de 2013 em Alepo
    • Territórios do Air e Teneré, no Níger
    • Estátua de Buda de 53 metros de altura perto de Cabul
    • Basílica do Nascimento de Cristo.
    • Mesquita de Djingayreber em Tombuctu
    • Parque nacional de Garamba no Congo
    • Templo helênico em Hatra (Iraque)
    • Mosteiro Visoki Decani no Kosovo
    © AFP 2020 / Joseph Eid
    Esta foto de 14 de maio de 2014 mostra os restos do teatro da antiga cidade de Palmira, situada a 215 km da capital da Síria, Damasco. Um ano depois, em 14 de maio de 2015, os terroristas do Estado Islâmico anunciaram ter tomado a cidade.

    O terrorismo não só mata pessoas. Mata também a história.

    Entre os danos causados pela atividade do Estado Islâmico, estão também objetos do patrimônio histórico destruídos. Recentemente, os extremistas tomaram a histórica cidade síria de Palmira. A Sputnik lembra outras cidades e objetos de patrimônio histórico mundial, reconhecidos como tais pela UNESCO, que estão situados em territórios atingidos por conflitos.

    Tags:
    patrimônio cultural, terrorismo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais fotos