02:04 23 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    652
    Nos siga no

    Cerca de 3.000 pedófilos atuaram na Igreja Católica da França desde 1950, conforme um relatório da Comissão Independente Francesa sobre Abuso Sexual na Igreja.

    O chefe da comissão independente que investigou o abuso infantil na igreja, Jean-Marc Sauve, disse que cerca de 216.000 menores de idade foram abusados por membros do clero católico na França desde 1950.

    "Isso é devastador, porque a relação entre 216.000 e 3.000 é de um agressor para 70 vítimas. É assustador para a sociedade francesa, para a Igreja Católica", afirmou.

    Sauve revelou que tem havido uma negligência sistémica e silêncio do topo da hierarquia católica sobre o abuso. Ele adicionou que o problema existe até agora.

    "As consequências são muito sérias. Cerca de 60% de homens e mulheres que foram abusados sexualmente enfrentam grandes problemas em sua vida sentimental ou sexual", informou Sauve.

    A comissão começou a trabalhar em 2018 devido a escândalos nas igrejas de outros países e inclui médicos, sociólogos, historiadores e teólogos. Eles examinaram arquivos de igrejas, de tribunais e policiais e entrevistaram mais de 6.500 vítimas e testemunhas de crimes. O relatório elaborado tem 2.500 páginas.

    O promotor francês recebeu evidências de 22 casos de violência, sobre os quais ainda é possível instaurar processos penais dado que os sacerdotes envolvidos ainda estão vivos.

    Anteriormente, o papa Francisco modificou a legislação da igreja, assinando três documentos para impulsionar a luta contra a pedofilia e abuso sexual na Igreja Católica.

    Mais:

    Pandora Papers: deputado Ivan Valente denuncia Guedes e Campos Neto à Comissão de Ética Pública
    Crime contra humanidade e genocídio: Bolsonaro não será julgado pelo TPI, avalia professor
    Polícia Federal lança investigação a assalto a agências bancárias em Araçatuba que vitimou 3 pessoas
    Ex-presidente da França Sarkozy é condenado a 1 ano de prisão por excesso de gastos na campanha
    Tags:
    França, igreja, crime, abuso sexual, comissão, investigação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar