03:13 18 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    13629
    Nos siga no

    Quando faltam poucos dias para a reunião com o presidente Vladimir Putin na cidade russa de Sochi, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, diz esperar que Moscou mude sua abordagem em relação à Síria.

    "Tenho diversas expectativas em relação à reunião com Putin. O governo sírio cria, de fato, uma ameaça em nossas fronteiras. Espero que a Rússia, como país amigo, mostre solidariedade e siga uma abordagem diferente em relação à Síria", declarou Erdogan aos repórteres.

    Entretanto, o ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, discutiu na quinta-feira (23) com o seu homólogo sírio, Faysal Mikdad, a evolução da situação no país árabe. A conversa decorreu à margem da 76ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas em Nova York, nos EUA.

    Os dois políticos teriam abordado assuntos referentes ao fortalecimento futuro das relações entre a Rússia e a Síria, em um "tom construtivo e interessado".

    Após a conversa com Lavrov, Mikdad declarou que a comunidade internacional deve intervir se as forças turcas não se retirarem da Síria. O diplomata também afirmou que Ancara trabalhou com alguns países para agravar a situação no noroeste da Síria.

    Mais:

    Turquia pretende comprar outro lote do sistema de mísseis russos S-400, diz Erdogan
    Putin: governo provisório no Afeganistão não é representativo, mas é preciso trabalhar com ele
    Empresa de defesa da Turquia revela IMAGENS de novo míssil antitanque portátil KARAOK
    Tags:
    Rússia, Síria, Turquia, Vladimir Putin, Recep Tayyip Erdogan, Sergei Lavrov
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar