11:54 25 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 62
    Nos siga no

    A Ministra das Relações Exteriores holandesa, Sigrid Kaag, se demitiu de seu cargo nesta quinta-feira (16), após de ter recebido fortes críticas do parlamento sobre seu tratamento da crise afegã.

    Segundo os parlamentares dos partidos de oposição, a ministra agiu demasiado tarde relativamente à evacuação dos funcionários da embaixada dos Países Baixos em Cabul, deixando-os em "grave perigo" quando os militantes do Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em outros países) tomaram controle do Afeganistão.

    Tanto Sigrid Kaag como o primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, lamentaram a situação, sendo que Kaag acabou admitindo que havia cometido erros, uma vez que ninguém esperava uma ofensiva tão rápida pela parte do grupo insurgente, e muito menos o colapso do governo afegão.

    O Talibã conquistou Cabul em 15 de agosto de 2021, e desde então o Aeroporto Internacional de Cabul se tornou a única chance de saída para milhares de afegãos, ex-colaboradores das forças estrangeiras e representantes de outros grupos vulneráveis, sendo que alguns chegaram mesmo perdendo suas vidas durante o processo. 

    No entanto, parece que Washington está entendendo como lidar com a situação de refugiados após sua saída caótica do Afeganistão.

    Na terça-feira (14), foi anunciado que três ex-presidentes norte-americanos, e suas esposas, iniciaram um projeto chamado Welcome.US (Bem-vindo aos Estados Unidos, em português), uma união de escritórios de advocacia, empresas dos EUA e diversos líderes políticos. Seu objetivo é tornar mais fácil para os cidadãos norte-americanos doar dinheiro, hospedar famílias de refugiados pela plataforma Airbnb ou encontrar outras formas de ajudar.

    Mais:

    Alemanha e Países Baixos suspendem deportação de refugiados ao Afeganistão por segurança
    Talibã teria encontrado US$ 6 milhões e ouro na casa do 'presidente interino' afegão Saleh (VÍDEO)
    Talibãs prontos a tomar todas as medidas para descongelar ativos afegãos nos EUA, diz representante
    Tags:
    Países Baixos, Ministério das Relações Exteriores, críticas, Afeganistão, Cabul, Talibã, refugiados
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar