04:05 24 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    143
    Nos siga no

    Caças norte-americanos F-15 ficaram muito próximo de uma colisão com um planador durante sua aproximação à base aérea de Suffolk.

    O controle de tráfego aéreo alertou quatro caças F-15 dos EUA para que tomassem ações evasivas devido à presença do planador.

    De acordo com a BBC, o UK Airprox Board, que avalia o risco do que ocorreu nos céus britânicos, relatou que as quatro aeronaves americanas estavam voando em formação a 540 quilômetros por hora e foram forçadas a reduzir a velocidade para evitar a colisão com um planador Nimbus.

    O relatório da UK Airprox Board indica que os pilotos americanos viram o planador a apenas oito quilômetros à frente da formação, que voava a 1.127 metros sobre Downham Market.

    Caça F-15E da Força Aérea dos EUA, armado pela primeira vez com cinco mísseis de cruzeiro ar-terra AGM-158 JASSM, na base aérea de Eglin
    © Foto / Força Aérea dos EUA
    Caça F-15E da Força Aérea dos EUA, armado pela primeira vez com cinco mísseis de cruzeiro ar-terra AGM-158 JASSM, na base aérea de Eglin

    Três dos caças curvaram à esquerda e direita, enquanto o caça-líder passou acima do planador.

    O piloto do planador tentou passar abaixo dos F-15, acelerando a 160 quilômetros por hora, tentando evitar a colisão, passando a aproximadamente 150 metros abaixo do caça americano.

    Acredita-se que o incidente tenha ocorrido devido ao fato de o planador e os F-15 não terem sistema de comunicação compatível.

    Tags:
    avião de ataque, avião de combate, avião de assalto, EUA, Reino Unido, planador
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar