04:39 30 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    3570
    Nos siga no

    Presidente suíço Guy Parmelin, cujo país organizou a cúpula entre Putin e Biden na quarta-feira (16) em Genebra, falou sobre suas impressões da reunião entre os líderes russo e norte-americano.

    Em sua primeira entrevista desde o encontro entre Vladimir Putin e Joe Biden, o presidente da Suíça Guy Parmelin compartilhou suas impressões sobre a reunião dos dois presidentes.

    Parmelin disse ao canal de televisão Radio Télévision Suisse que, para ele, o momento mais significativo da cúpula foi quando os dois líderes começaram a falar depois de chegar à Villa La Grange.

    "Joe Biden e Vladimir Putin falaram cinco minutos e imediatamente tive a sensação de que as coisas estavam indo bem entre eles, entre eles como pessoas", afirmou o presidente suíço.

    Parmelin afirmou que todo o evento foi "um pouco estressante, pois você tinha que permanecer atento e concentrado durante todo esse tipo de reunião", tendo em conta o papel da Suíça como país mediador entre as duas potências.

    Presidente Vladimir Putin apertando a mão do líder da Confederação suíça, Guy Parmelin
    © Sputnik / Sergei Guneev
    Presidente Vladimir Putin apertando a mão do líder da Confederação suíça, Guy Parmelin

    O presidente da Suíça elogiou a franqueza de Putin, dizendo que é uma qualidade que aprecia muito.

    Putin "é alguém que fala sem rodeios, suas palavras vão diretas ao ponto. Essa é uma qualidade que eu aprecio", disse Parmelin, acrescentando que ele e Putin trocaram opiniões em um ambiente muito agradável.

    Falando do presidente Biden, Parmelin disse que teve um "contato muito bom" com ele ao pé do avião presidencial Air Force One, o que depois "foi confirmado em discussões bilaterais".

    "Acho que posso dizer que temos um bom relacionamento", declarou o presidente suíço.

    Em 16 de junho, decorreu em Genebra a primeira cúpula presencial entre Vladimir Putin e Joe Biden. Os presidentes falaram durante 4,5 horas e chegaram a alguns acordos. Em particular, o líder russo afirmou ter sido decidido iniciar consultas sobre a estabilidade estratégica a nível interministerial. Além disso, as partes adoptaram uma declaração conjunta de compromisso com o princípio de que não pode haver vencedores em uma guerra nuclear.

    Mais:

    Casa Branca: EUA e Turquia não encontram solução sobre compra de sistemas de mísseis russos
    Retórica antirrussa não ajuda a melhorar relações, diz MRE russo sobre comunicado do G7
    Trump diz que EUA 'não ganharam nada' com a cúpula entre Putin e Biden
    Tags:
    Joe Biden, Vladimir Putin, Suíça, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar