00:46 24 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 233
    Nos siga no

    Na segunda-feira (24), a presidente da Comissão Europeia destacou a importância da Rússia como nação vizinha, sendo uma fonte de comércio e investimento para a União Europeia (UE).

    A Rússia, apesar de "atividade desestabilizadora" em relação à UE, permanece sendo a maior vizinha e mais próxima do bloco econômico europeu, afirmou a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

    Além disso, a Rússia é uma atuante importante na área internacional, destacou von der Leyen durante discurso após o primeiro dia da cúpula da União Europeia onde discutiram as relações russas com o bloco.

    "A Rússia é nossa grande vizinha, e permanece sendo uma fonte de comércio e investimento para a União Europeia. Temos longas fronteiras comuns, e a Rússia também é uma atuante importante internacional na luta contra os desafios globais e na solução de assuntos regionais", segundo von der Leyen.

    Von der Leyen adicionou que, mesmo diante dos pontos em comum com a Rússia, o chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell, e ela foram encarregados de preparar um relatório sobre as relações com a Rússia para a próxima cúpula, que será realizada em junho.

    "Baseando-se nesse relatório, analisaremos nossas relações com a Rússia no próximo Conselho da UE", declarou a presidente da Comissão Europeia.

    Na segunda-feira (24), líderes europeus se reuniram em Bruxelas, capital da Bélgica, para discutir a situação em torno do pouso de emergência de avião comercial da Ryanair em Belarus, da Rússia, do Reino Unido, do Oriente Médio e do Mali, segundo o comunicado da UE.

    Mais:

    Líderes da UE pedem investigação sobre pouso 'inaceitável' de avião da Ryanair em Minsk
    EUA e OTAN estão 'bombeando' o Exército da Ucrânia, diz MRE da Rússia
    UE terá 3 tipos de certificados COVID-19 a partir de 1º de julho: vacinado, recuperado, testado
    Quem ameaçou explodir avião da Ryanair sobre Vilnius exigia que UE deixasse de apoiar Israel
    EUA e UE contra China: ex-representante do Comércio dos EUA conta por que tal 'aliança' é improvável
    Tags:
    Comissão Europeia, investimento, Rússia, Ursula von der Leyen, União Europeia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar