22:38 18 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    6718
    Nos siga no

    Neste domingo (23), o embaixador de Belarus em Varsóvia foi convocado ao Ministério das Relações Exteriores da Polônia por causa do incidente com o avião da Ryanair e da detenção de Roman Protasevich, fundador do canal Nexta do Telegram.

    Protasevich, considerado um extremista por Minsk, foi detido em Belarus após o voo da Ryanair em que viajava realizar um pouso de emergência no país. A aeronave fazia uma rota entre a Grécia e a Lituânia.

    A convocação do embaixador bielorruso foi anunciada pelo premiê polonês Mateusz Morawiecki em entrevista ao site PAP, mais cedo neste domingo (23).

    "Assim que recebi informações dos serviços especiais sobre o sequestro do avião, pedi ao ministro das Relações Exteriores que tomasse medidas decisivas em relação a essa questão. O embaixador bielorrusso em Varsóvia foi convocado com urgência ao Ministério das Relações Exteriores", disse Morawiecki.

    O premiê enfatizou que a Polônia exige a libertação imediata de Protasevich, bem como de outros ativistas políticos poloneses e bielorrussos detidos, e pediu a Minsk que pare com a repressão contra a mídia independente e civis.

    Primeiro-ministro polonês Mateusz Morawiecki
    © Sputnik / Alexey Vitvitsky
    Primeiro-ministro polonês Mateusz Morawiecki

    No início do dia, Morawiecki também pediu ao presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, que incluísse a questão das sanções imediatas contra Belarus na agenda da reunião do órgão, que será realizada na segunda-feira (24).

    De acordo com o site PAP, Morawiecki terá uma conversa direta com Michel ainda neste domingo (23) para discutir os detalhes das sanções, especificamente banindo companhias aéreas bielorrussas do espaço aéreo da União Europeia (UE) em resposta ao incidente.

    Mais:

    Canadá vai doar cerca de R$ 9,5 milhões para opositores de Lukashenko na Bielorrússia
    Bielorrússia e FSB detêm grupo que planejava assassinar Lukashenko e tomar o poder (VÍDEO)
    Presidente de Belarus assina decreto de proteção de soberania e ordem constitucional
    Tags:
    Polônia, Belarus, Lituânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar