21:05 07 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Mundo vs. pandemia do coronavírus no início de maio de 2021 (43)
    0 40
    Nos siga no

    Neste sábado (1º), aproximadamente 100 mil espanhóis saíram às ruas em diversos protestos por todo o país no Dia Internacional dos Trabalhadores, conforme relatou um correspondente da Sputnik na manifestação no centro de Madri.

    A maior manifestação foi organizada pelos dois sindicatos mais importantes do país - Comissões de Trabalhadores (CCOO) e União Geral dos Trabalhadores (UGT) - em Madri, capital espanhola.

    As lideranças sindicais exigiram o reforço da vacinação contra a COVID-19 e a garantia de doses para todos, assim como o aumento do apoio financeiro aos idosos e necessitados. Os manifestantes também conclamaram os partidos de esquerda a votarem nas eleições regionais de 4 de maio.

    Em Madri, Espanha, manifestantes participam de ato em defesa dos direitos dos trabalhadores, em 1º de maio de 2021
    © Folhapress / iShoot / Pedro Mox
    Em Madri, Espanha, manifestantes participam de ato em defesa dos direitos dos trabalhadores, em 1º de maio de 2021

    Segundo o correspondente, manifestantes carregavam símbolos dos sindicatos e bandeiras da Segunda República Espanhola. Símbolos soviéticos também podiam ser vistos na multidão, especialmente perto do final da manifestação onde o Partido Comunista da Espanha marchava.

    Em Madri, na Espanha, manifestantes participam de protesto pelo Dia Internacional dos Trabalhadores, em 1º de maio de 2021
    © AP Photo / Paul White
    Em Madri, na Espanha, manifestantes participam de protesto pelo Dia Internacional dos Trabalhadores, em 1º de maio de 2021

    O protesto também contou com a participação da associação em busca de vítimas da Guerra Civil espanhola. O grupo carregou uma faixa com retratos de pessoas que morreram durante a guerra e pediram punição contra os franquistas.

    Vários ministros espanhóis participaram da manifestação, incluindo a vice-primeira-ministra Carmen Calvo e o ex-vice-primeiro-ministro, líder do partido Podemos, Pablo Iglesias, que atualmente concorre como candidato nas eleições regionais de Madri.

    Na manifestação de Madrid que comemora o 1º de maio. Os trabalhadores e trabalhadoras voltaram a demonstrar nesta pandemia que representam o melhor de nosso país. Sairemos dessa crise com​ empregos dignos e em igualdade. Primeiro de maio e Dia do Trabalho.

    Os manifestantes voltaram para casa pacificamente após o protesto na capital. No total, pelo menos oito protestos diferentes foram realizados em várias áreas de Madri neste sábado (1º). O partido de direita VOX também saiu às ruas, mas reuniu menos de 100 pessoas no que foi sua primeira participação em uma manifestação no dia dos trabalhadores.

    Tema:
    Mundo vs. pandemia do coronavírus no início de maio de 2021 (43)

    Mais:

    Primeiro narcossubmarino construído na Europa é apreendido na Espanha (VÍDEO)
    Pegadas humanas de mais de 4 mil anos são estudadas 50 anos depois de descobertas na Espanha (FOTOS)
    Bola de fogo cruza céu a 72.000 km/h no centro da Espanha (FOTO, VÍDEO)
    Tags:
    COVID-19, Madri, Espanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar