14:33 11 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Mundo enfrenta pandemia no fim de abril de 2021 (77)
    0 50
    Nos siga no

    A Bundeskriminalamt (BKA), agência federal alemã de investigação criminal, alertou os diferentes grupos de parlamentares sobre a circulação de ameaças de morte contra os deputados que votaram as medidas de restrição anticovid.

    Os nomes dos 342 parlamentares (dos 709 que compõem o Parlamento) que aprovaram recentemente o chamado "freio de emergência" apareceram em uma "lista de morte de políticos alemães", divulgada no Telegram, segundo o jornal Der Tagesspiegel.

    Os agentes da BKA não registraram nenhum perigo imediato aos deputados, porém iniciaram as investigações, levando as ameaças a sério.

    A medida recém-aprovada pelos políticos alemães visa frear os contágios em um novo pico da pandemia e permite impor o toque de recolher noturno em todas as regiões do país onde foram registrados mais de 100 casos semanais da COVID-19 por cada 100 mil habitantes.

    Se os contágios ultrapassarem 165 por cada 100 mil habitantes, as escolas deverão adotar as aulas à distância, segundo a lei, que também prevê limites mais rigorosos em relação aos contatos pessoais e acesso aos comércios e serviços considerados essenciais nas zonas de alta incidência.

    A chanceler alemã Angela Merkel defendeu as novas restrições em meio às críticas daqueles que as consideram excessivas, dando como exemplo o Reino Unido, Portugal e Irlanda, onde os confinamentos ajudaram a reduzir os contágios.

    "Nenhum país que superou a terceira onda da pandemia e aliviou as restrições passou por isso sem medidas severas, como o toque de recolher noturno", afirmou Merkel.

    Tema:
    Mundo enfrenta pandemia no fim de abril de 2021 (77)

    Mais:

    Alemanha promete investir US$ 4 bilhões para políticas ambientais em países em desenvolvimento
    Merkel recebe 1ª dose da vacina da AstraZeneca, que chegou a ser suspensa na Alemanha
    Alemanha teria planos para acelerar retirada do Afeganistão e concluir no início de julho
    Tags:
    ameaça, ameaças, pandemia, parlamentares, políticos, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar