13:44 11 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Mundo enfrenta pandemia no fim de abril de 2021 (77)
    120
    Nos siga no

    Bruxelas vai começar um processo legal contra a fabricante de vacinas AstraZeneca, que tem fornecido um número de doses do imunizante inferior ao contratado com o bloco europeu.

    A Comissão Europeia se prepara para iniciar uma ação judicial contra a empresa AstraZeneca por incumprimento do contrato de entrega de doses da vacina contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2), relata na quarta-feira (21) o jornal Politico, citando cinco diplomatas.

    A Comissão Europeia levantou a questão na quarta-feira (21), durante uma reunião de embaixadores. Segundo a mídia, a maioria dos países da UE deverá apoiar a iniciativa.

    Um dos diplomatas referiu que se trata de obrigar a fabricante a fornecer o número de vacinas acordado no contrato. Dois outros diplomatas disseram que o prazo para os países da UE darem luz verde ao início dos processos judiciais termina nesta semana.

    "Os Estados da UE têm que decidir se participam", comentou um funcionário da UE envolvido nas negociações com os fabricantes de vacinas, em declarações à agência Reuters.

    A UE tem enfrentado problemas em obter as doses contratadas das vacinas aprovadas para uso em seu território, particularmente as do consórcio Pfizer/BioNTech e as das empresas Moderna e AstraZeneca.

    Até final de março de 2021, a AstraZeneca só entregou 30 milhões de doses, dos 100 milhões prometidos, sendo que agora a empresa prevê fornecer 70 milhões de doses até ao final do segundo trimestre, em vez dos 300 milhões contratados. Os atrasos ameaçam frustrar os ambiciosos planos de vacinação de Bruxelas.

    Tema:
    Mundo enfrenta pandemia no fim de abril de 2021 (77)

    Mais:

    Em meio à crise com AstraZeneca, países europeus consideram misturar outras vacinas para 2ª dose
    'Até 80%' da Sicília recusam vacina da AstraZeneca, diz presidente da região do sul da Itália
    Dinamarca abandona o uso da vacina AstraZeneca
    Tags:
    Reuters, Comissão Especial, Politico, UE, União Europeia, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar