20:32 17 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    13602
    Nos siga no

    A representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, declarou nesta quinta-feira (15) que os EUA e a OTAN acusam a Rússia de preparativos militares na fronteira com a Ucrânia com a finalidade de aumentar suas próprias forças.

    "Os Estados Unidos e seus aliados na OTAN continuam acusando a Rússia de acumular forças e equipamentos militares na fronteira com a Ucrânia. Esses ataques de propaganda indicam que, em geral, a aliança e seus países membros querem se reabilitar, encobrir o aumento da intensidade de suas próprias atividades militares, tanto no território ucraniano quanto nas proximidades dele", disse a diplomata.

    Militares da Guarda Nacional da Ucrânia se treinam conforme os padrões da OTAN (foto de arquivo)
    © Sputnik / Stringer
    Militares da Guarda Nacional da Ucrânia se treinam conforme os padrões da OTAN (foto de arquivo)

    Zakharova lembrou que só em 2021 estão planejadas sete manobras na Ucrânia sob os auspícios da OTAN.

    "O número de convocações de navios de guerra da OTAN para o mar Negro está crescendo. Os voos de bombardeiros estratégicos americanos sobre o mar Negro e a Ucrânia com a prática de alcançar as fronteiras e o uso de mísseis de cruzeiro aumentaram significativamente", afirmou a representante da chancelaria russa.

    "O que isso significa? Que são os países da OTAN com suas ações provocativas que estão agravando a situação em torno da Ucrânia, que, aliás, não faz parte da área de responsabilidade da aliança, eles estão alimentando o clima de uma espécie de vingança militar", completou.

    Mais:

    Ucrânia considera adesão à OTAN 'único caminho' para segurança de Donbass
    EUA avisam Rússia de que 'haverá consequências' se agir 'agressivamente' com Ucrânia
    Rússia alerta Turquia e outros países para que parem de elevar tensões na Ucrânia, diz Lavrov
    EUA continuarão enviando armas e instrutores militares à Ucrânia, diz Pentágono
    Tags:
    diplomacia, provocação, OTAN, Maria Zakharova, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar