13:04 17 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 271
    Nos siga no

    Apesar das relações entre Rússia e EUA não se encontrarem no melhor estado, pode ainda existir esperança de ambos virem a cooperar pela estabilidade mundial.

    Em uma entrevista, Frank Elbe, antigo embaixador da Alemanha na Polônia, Índia, Japão e Suíça, disse que a Rússia e os EUA deveriam encontrar um jeito de voltar à "cooperação" antes que o mundo se encontre à beira de uma guerra nuclear.

    O ex-diplomata acredita que "basicamente, não existe outra alternativa a não ser uma política de cooperação dirigida à construção da confiança", lembrando que, há 30 anos atrás, a reconciliação entre Moscou e Washington contribuiu parcialmente para a reunificação da Alemanha.

    Frank Elbe acredita que ainda é possível acabar com as tensões, e elogiou a decisão do presidente americano, Joe Biden, de convidar a China e a Rússia para conversações sobre assuntos do clima.

    Relações dos EUA com Europa: aliança ou competição?

    O ex-diplomata sublinha, no entanto, que apesar da nova administração estadunidense ser vista de forma mais positiva na Europa, a União Europeia não deveria tratar inquestionavelmente os EUA somente como aliado.

    De acordo com Elbe, a Europa precisa de uma frente unida ao lidar com Washington, pois mesmo que os EUA sejam considerados como um aliado da Europa, "os EUA poderiam muito bem ver-nos como um concorrente que se interpõe no seu caminho". Na verdade, o ex-diplomata alemão acrescenta que "os americanos não gostam particularmente da Europa", pelo que seria talvez pertinente para as nações europeias pensarem se a OTAN ainda é "viável" em sua forma corrente.

    Para Frank Elbe, o ato mais sensato seria a Europa manter uma parceria "razoável" com a Rússia e EUA, mencionando que os políticos alemães, por sua vez, tal como grande parte do povo alemão, "querem uma relação melhor com a Rússia".

    Mais:

    UE aceita agir como mediadora nas relações entre Cuba e EUA, informa mídia
    Putin diz a Merkel e Macron que Rússia está pronta para restaurar interação com UE
    China acusa EUA, Reino Unido, UE e Canadá de desestabilizarem o país com 'manipulações políticas'
    Tags:
    EUA, Rússia, Europa, cooperação, tensões, estabilidade
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar