15:55 18 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    133
    Nos siga no

    "O fato de o Reino Unido sediar a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas, a COP26, é uma prioridade para o governo do país, que está apostando tudo", disse o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson.

    "A cúpula da COP26 é uma das maiores prioridades que qualquer governo poderia ter nacional e internacionalmente, e é um trabalho gigantesco e estamos apostando tudo nele", disse Johnson a um comitê parlamentar nesta quarta-feira (24).

    A Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2021 é o 26ª evento desse tipo e está programada para ser realizada na cidade de Glasgow, na Escócia, de 1 a 12 de novembro de 2021.

    Ativistas de Fridays for Future protestam pedindo um Dia Global de Ação Climática, enquanto a propagação da doença coronavírus (COVID-19) continua, em Viena, Áustria, 19 de março de 2021.
    © REUTERS / LEONHARD FOEGER
    Ativistas de Fridays for Future protestam pedindo um "Dia Global de Ação Climática", enquanto a propagação da doença coronavírus (COVID-19) continua, em Viena, Áustria, 19 de março de 2021

    Para o presidente da COP26, Alok Sharma, a decisão de redefinir as datas da reunião se deveu ao desafio global sem precedentes para o qual "os países estão concentrando seus esforços, de forma correta, em salvar vidas e combater a COVID-19".

    Programada inicialmente para o ano passado, eram esperadas 30 mil pessoas, inclusive 200 líderes mundiais, para o evento da ONU que teria dez dias de duração.

    Mais:

    Ministro da Defesa iraniano exige do Reino Unido 'medidas práticas' para pagar dívida ao Irã
    Saúde pública do Reino Unido arrecada £ 16,75 milhões com leilão de obra de Banksy
    Reino Unido quer instar aliados da OTAN a enfrentar Rússia
    Tags:
    mudança climática, Conferência sobre o Clima, Nações Unidas, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar