08:40 05 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Pandemia de COVID-19 no mundo em meados de março de 2021 (83)
    0 40
    Nos siga no

    Autoridades dizem que Paris pode estar caminhando para um novo lockdown, à medida que novas variantes do coronavírus lotam as UTIs e o estoque limitado de vacinas reduz os esforços de imunização.

    Aviões especiais despacharam pacientes da área de Paris para regiões menos saturadas neste fim de semana.

    "Se tivermos que bloquear, nós o faremos. A situação é complexa, tensa e está piorando na região de Paris", disse o chefe da agência nacional de saúde, Jerome Salomon, à TV BFM neste domingo (14).

    Salomon reconhece que em todo o país o toque de recolher às 18h "não foi suficiente'' para evitar o aumento nos casos em algumas regiões, notavelmente da variante identificada pela primeira vez no Reino Unido.

    Pessoas usando máscaras de proteção em Paris, França, 25 de fevereiro de 2021
    © REUTERS / STRINGER
    Pessoas usando máscaras de proteção em Paris, França, 25 de fevereiro de 2021

    O governo francês tem confiado no toque de recolher há meses, junto com o fechamento de restaurantes e alguns outros negócios a longo prazo, para tentar evitar um novo lockdown. Mas surtos localizados estão levantando questões sobre a estratégia do governo de combate ao vírus.

    Salomon disse que a França tem mais pessoas em tratamento intensivo para COVID-19 e outras doenças — cerca de 6.300 — do que o número total de leitos de UTI que havia no começo na pandemia.

    A França contabiliza 90.315 mortes relacionadas ao coronavírus, um dos maiores números do mundo.

    Tema:
    Pandemia de COVID-19 no mundo em meados de março de 2021 (83)

    Mais:

    Israel, Grécia, Chipre e França realizam exercícios navais para estreitar laços (VÍDEO)
    'Islamoesquerdismo' na França: Macron adere à agenda de extrema direita para derrotar Le Pen?
    Prefeito de Nice, França, pede permissão para comprar vacina Sputnik V
    Tags:
    França, Paris, saúde, pandemia, novo coronavírus, COVID-19, lockdown
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar