15:33 17 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Pandemia de COVID-19 no mundo no início de março de 2021 (94)
    390
    Nos siga no

    O país europeu se tornou o 46º país do mundo a registrar a vacina russa, desenvolvida no Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya, para uso emergencial.

    A Sputnik V, vacina contra a COVID-19, foi autorizada por Escópia, capital macedônia, informou no domingo (7) o Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI, na sigla em russo).

    "O Fundo Russo de Investimentos Diretos [...] anuncia a aprovação da vacina russa Sputnik V contra o coronavírus na República da Macedônia do Norte", disse o comunicado.

    A vacina foi registrada de acordo com o procedimento de autorização de uso emergencial. O imunizante já está aprovado para uso em 46 países em todo o mundo, com uma população total de mais de 1,2 bilhão de pessoas.

    A vacina russa Sputnik V foi desenvolvida em conjunto pelo Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya e o RFPI, e registrada pelo Ministério da Saúde da Rússia em agosto de 2020, a primeira no mundo contra o SARS-CoV-2 a obter o registro. Após a terceira fase de ensaios clínicos, a eficácia da vacina foi comprovada em 91,6%, conforme publicação de 2 de fevereiro de 2021 na revista Lancet.

    Tema:
    Pandemia de COVID-19 no mundo no início de março de 2021 (94)

    Mais:

    São Paulo deseja adquirir 20 milhões de doses da Sputnik V, informa secretário
    Uruguai tem interesse em promover acordos de saúde com a Rússia, diz ministro
    Mídia alemã escreve que vacina russa Sputnik V pode se tornar 'hit de exportação'
    Guatemala é o 3º país da América Central a registrar vacina russa Sputnik V, afirma RFPI
    Tags:
    Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI), Macedônia, Sputnik V, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar