04:44 01 Março 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    151665
    Nos siga no

    Em medida de resposta à expulsão de seus diplomatas de Moscou, Alemanha, Polônia e Suécia declararam diplomatas russos como "personae non gratae" nesta segunda-feira (8).

    Anteriormente, um trio de diplomatas da União Europeia - Polônia, Alemanha e Suécia, respectivamente - foram expulsos da Rússia após participação de comícios não autorizados de apoio ao opositor russo Aleksei Navalny.

    Ao comentar a expulsão dos diplomatas europeus por Moscou, o Ministério das Relações Exteriores alemão afirmou que a medida "não se justifica de forma alguma".

    "O Ministério das Relações Exteriores declarou hoje 'persona non grata' um funcionário da embaixada russa em Berlim", disse a chancelaria alemã em um comunicado. 

    Panorama de manifestação de apoio ao oposicionista Aleksei Navalny em Moscou, Rússia, 23 de janeiro de 2021
    © REUTERS / Evgenia Novozhenina
    Panorama de manifestação de apoio ao oposicionista Aleksei Navalny em Moscou, Rússia, 23 de janeiro de 2021

    Uma série de protestos não autorizados de apoio ao opositor russo Alekei Navalny foram realizados nas últimas semanas em várias cidades da Rússia em meio à decisão da Justiça da Rússia de substituir a pena suspensa de três anos e meio de Navalny por uma pena efetiva.

    "O diplomata alemão estava apenas cumprindo sua tarefa de informar sobre os acontecimentos no local de maneira legal", acrescentou o comunicado do Ministério das Relações Exteriores alemão.

    Na semana passada, a representante oficial da chancelaria da Rússia, Maria Zakharova, declarou que Moscou não teve outra escolha a não ser expulsar os diplomatas europeus que estavam interferindo nos assuntos internos da Rússia ao participarem de protestos não autorizados.

    Mais:

    EUA criticam condenação de Navalny e pedem libertação do opositor russo
    Moscou diz que posição do Ocidente sobre Navalny representa interferência nos assuntos russos
    'Histeria ocidental' sobre caso Navalny está ficando fora de controle, diz Lavrov
    Caso Navalny: Rússia diz que EUA devem respeitar as leis russas
    Tags:
    Aleksei Navalny, diplomatas, embaixada, Suécia, Polônia, Rússia, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar