00:00 14 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)
    2160
    Nos siga no

    Portugal suspenderá todos os voos de e para o Brasil entre 29 de janeiro a 14 de fevereiro, informou o Ministério do Interior do país, citando o agravamento da pandemia de COVID-19.

    Apenas voos humanitários e de repatriação serão permitidos, com os viajantes obrigados a fornecer um teste para COVID-19 feito com 72 horas de antecedência antes do embarque e quarentena por 14 dias após a chegada a Portugal, informou o órgão em comunicado.

    "Até 14 de fevereiro estão suspensos todos os voos, comerciais ou privados, de todas as companhias aéreas", prossegue o texto, conforme noticiou a AFP.

    Apenas os cidadãos da União Europeia e residentes do bloco ainda poderão fazer a ligação Brasil-Portugal, desde que apresentem o teste negativo em menos de 72 horas antes do embarque.

    Paciente faz teste de COVID-19 em Salt Lake City, nos EUA
    © AP Photo / Rick Bowmer
    Paciente faz teste de COVID-19 em Salt Lake City, nos EUA

    Portugal junta-se assim a Turquia, Marrocos e Peru na lista dos países que já tomaram esta decisão.

    Com 293 mortes em 24 horas, Portugal atingiu na quarta-feira (27) um novo recorde diário desde o início da pandemia que já matou mais de 11.000 pessoas no país ibérico.

    O número de pessoas internadas também atingiu novo máximo, com 6.603 pacientes, incluindo 783 atendidos em unidades de terapia intensiva.

    Em Lisboa, eleitores são orientados na porta de uma seção eleitoral durante as eleições presidenciais de Portugal, em 24 de janeiro de 2021
    © AP Photo / Armando Franca
    Em Lisboa, eleitores são orientados na porta de uma seção eleitoral durante as eleições presidenciais de Portugal, em 24 de janeiro de 2021

    De acordo com os dados recolhidos pela AFP, Portugal é o país do mundo a ter registrado nas últimas duas semanas o maior número de contágios e mortes pela COVID-19 em relação à sua população, superado apenas pelo enclave britânico de Gibraltar.

    Os 10 milhões de portugueses foram submetidos desde 15 de janeiro a um segundo confinamento geral para tentar controlar a explosão de casos de coronavírus.

    Tema:
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)

    Mais:

    Nomeada consequência inesperada do coronavírus
    Assim como testes realizados na garganta e no nariz, China usa cotonetes anais para testar COVID-19
    Cientistas explicam por que morrem mais homens que mulheres de COVID-19
    Tags:
    relações bilaterais, aeroporto, viagem, novo coronavírus, COVID-19, pandemia, transporte aéreo, Brasil, Portugal
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar