08:02 28 Fevereiro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)
    0 20
    Nos siga no

    O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse que deve adotar novas medidas de fronteira mais duras, depois que o número de mortos por COVID-19 ultrapassou os 100 mil.

    "O Ministro do Interior irá estabelecer ainda nesta quarta-feira [27] medidas ainda mais duras para os países da lista vermelha onde estamos particularmente preocupados com novas variantes [do vírus]", disse Johnson ao Parlamento.

    Questionado sobre por que o número de mortos britânicos era o mais alto da Europa, ele disse: "Não há respostas fáceis, o lockdown perpétuo não é resposta", segundo publicou a Reuters.

    De acordo com dados divulgados pelo governo britânico na última na terça-feira (26), mais de 100.000 pessoas morreram no Reino Unido após contrair o novo coronavírus.

    ​O Reino Unido se tornou o quinto país do mundo a registrar 100.000 mortes relacionadas ao vírus, depois de Estados Unidos, Brasil, Índia e México.

    Tema:
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)

    Mais:

    COVID-19: proibição de voos para Reino Unido irrita governo português e afeta brasileiros
    'É muito difícil definir data de reabertura das escolas no Reino Unido', diz oficial médica
    Multa para quem vai a festas durante lockdown no Reino Unido chega a R$ 47 mil
    Tags:
    Boris Johnson, pandemia, novo coronavírus, fronteira, COVID-19, governo, saúde, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar