00:14 20 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)
    0 22
    Nos siga no

    O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, afirmou nesta sexta-feira (22) que a variante britânica do novo coronavírus, mais contagiosa, pode estar relacionada a uma maior mortalidade.

    A declaração foi dada durante uma entrevista coletiva em Londres, conforme publicou a agência Reuters.

    "Parece haver alguns indícios de que a nova variante, identificada pela primeira vez em Londres e no sudeste, pode estar associada a uma maior mortalidade", afirmou.

    Johnson disse, no entanto, que "há muita incerteza em torno desses números".

    Segundo o primeiro-ministro, os dados foram avaliados por cientistas do grupo de assessores de novas ameaças virais e respiratórias.

    O principal conselheiro científico do governo britânico, Patrick Vallance, explicou que no caso de homens de cerca de 60 anos, a mortalidade no Reino Unido era anteriormente de dez pacientes por 1.000 e, atualmente, estaria entre 13 e 14 por 1.000.

    "É preocupante que haja um aumento da mortalidade, assim como um aumento da transmissibilidade", declarou.
    Tema:
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)

    Mais:

    COVID-19: proibição de voos para Reino Unido irrita governo português e afeta brasileiros
    'É muito difícil definir data de reabertura das escolas no Reino Unido', diz oficial médica
    COVID-19: Trump retira restrições de viagens de Brasil, Europa e Reino Unido, diz mídia
    Multa para quem vai a festas durante lockdown no Reino Unido chega a R$ 47 mil
    Tags:
    mortes, infecções graves, infectados, infecção, casos confirmados, pandemia, novo coronavírus, Reino Unido, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar