07:44 28 Fevereiro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)
    0 121
    Nos siga no

    Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI, na sigla em russo) assinou acordo com farmacêutica líder turca para produção da vacina russa contra COVID-19 na Turquia.

    RFPI fechou acordo com farmacêutica turca para a produção da vacina russa contra o coronavírus Sputnik V em território turco, segundo informou à Sputnik o fundo russo.

    A interação com a farmacêutica é realizada no âmbito da atividade do RFPI da promoção da vacina Sputnik V para mercados externos.

    O potencial volume de produção corresponde a um milhão de doses da vacina Sputnik V por ano. Além disso, é discutida a possibilidade de expansão de produção no futuro.

    Produzida em território turco, a vacina Sputnik V cobrirá tanto o mercado interno da Turquia como o de outros países.

    Os parceiros turcos expressam grande interesse na vacina russa Sputnik V, cuja eficácia é superior a 90%, para a vacinação do povo e também para exportação a países terceiros, de acordo com o comentário do RFPI.

    A vacina Sputnik V é baseada na plataforma testada e bem estudada dos vetores de adenovírus de seres humanos e já foi aprovada pelas organizações regulatórias da Rússia, Bielorrússia, Argentina, Emirados Árabes Unidos, Hungria, Sérvia, Bolívia, Argélia, Palestina, Venezuela, Paraguai e Turcomenistão. Começou o processo de registro da vacina na União Europeia.

    Tema:
    Mundo vs. COVID-19 no final de janeiro de 2021 (110)

    Mais:

    MP aciona Justiça e cobra multa de R$ 145 mil de prefeito fura fila da vacinação na Bahia
    União Química e Anvisa trocam informações sobre vacina russa Sputnik V
    Lula revela que teve COVID-19 e foi curado em Cuba
    Alberto Fernández, presidente da Argentina, recebe 1ª dose da Sputnik V (FOTO, VÍDEO)
    Tags:
    produção, Rússia, novo coronavírus, pandemia, vacina, COVID-19, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar