05:19 23 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 31
    Nos siga no

    Uma nevasca cobriu grande parte da Espanha nos últimos dois dias, deixando pelo menos quatro mortos e interrompendo neste sábado (9) os serviços de transporte em diversas regiões do país.

    Cinco províncias espanholas - Valência, Castelló, Tarragona, Teruel e Saragoça - permanecem em alerta vermelho por causa da neve, que também atingiu a capital Madri, onde registrou um recorde de 50 centímetros na manhã deste sábado (9), uma quantidade que não era vista na capital espanhola desde 1971, segundo a Agência Estatal de Meteorologia da Espanha (AEMET).

    Nevasca em Madri. 9 de janeiro de 2021, AEMET: O episódio atual de neve em Madri é sem dúvida um dos maiores do século XXI na Espanha por sua duração e intensidade e a previsão é que ela continue até a meia-noite de domingo [10].

    Até o momento, foram registradas quatro mortes no país por causa da tempestade de neve: um casal que estava dentro de um carro que foi arrastado pela corrente de um rio em Mijas (Málaga), um homem que acabou soterrado pela neve na localidade de Zarzalejo (Madri), e um sem-teto que morreu de frio na quinta-feira (7) em Calatayud (Saragoça).

    "As nevascas que ocorreram na região central, especialmente nas províncias de Madri, Toledo e Cidade Real durante sexta-feira (8) e sábado (9) podem ser classificadas como excepcionais. Foram superados os 40 litros por metro quadrado em forma de neve", informou a AEMET.

    Segundo a agência meteorológica da Espanha, a neve cairá em algumas regiões de forma contínua durante um período de 24 horas devido à combinação de uma massa de ar frio que está estacionada sobre a península Ibérica e a chegada da tempestade Filomena pelo sul do país.

    Nível vermelho para nevasca para amanhã [10] em Aragão, Comunidade Valenciana e Catalunha.

    O ministro de Transportes da Espanha, José Luis Ábalos, disse em uma coletiva de imprensa que esta era "a maior tempestade que a maior parte do país enfrentou desde que começaram os registros".

    "É uma situação absolutamente excepcional que ultrapassou até as previsões mais pessimistas com as quais estávamos trabalhando", acrescentou Ábalos.

    Seguimos trabalhando na limpeza de nossas estradas, e a prioridade é a abertura do máximo de acessos possíveis. Oferecemos nossa colaboração às Comunidades Autônomas e aos municípios. Neste momento, nossas máquinas limpam o acesso à rodovia M40 com a A-6. 

    Carlos Novillo, chefe dos serviços de emergência de Madri, disse que mais de mil veículos ficaram presos por causa da neve, a maioria no anel viário que circunda a capital e na principal rodovia que liga a cidade com o sul do país, segundo a agência Associated Press. 

    Por sua vez, a administração do aeroporto de Barajas, o principal do país, informou que o terminal permanecerá fechado neste sábado (9), enquanto o serviço ferroviário Renfe assinalou que estão suspensas todas as rotas de saída ou chegada em Madri, assim como as rotas entre o sul e o nordeste do país.  

    O presidente de Governo Pedro Sánchez conversou na tarde deste sábado (9) com as autoridades das regiões mais atingidas pela nevasca para coordenar as operações.

    Mais:

    Homem por pouco não morre soterrado por neve ao provocar avalanche na Espanha (VÍDEO)
    Espanha vai criar cadastro de quem não quiser ser vacinado contra COVID-19
    Incêndio mata 1 e deixa vários feridos em asilo na Espanha (VÍDEOS)
    Tags:
    tempestade, nevasca, neve, Espanha, Madri
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar