10:05 28 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Mundo enfrenta coronavírus no final de dezembro (111)
    0 60
    Nos siga no

    O Ministério da Saúde da Ucrânia assinou um contrato com a Sinovac Biotech para garantir a entrega urgente de 1,8 milhão de doses da vacina chinesa contra a COVID-19.

    O anúncio foi feito pelo gabinete do presidente ucraniano, Vladimir Zelensky, nesta quarta-feira (30). De acordo com a presidência, as negociações começaram em setembro.

    "Implementando a tarefa do presidente ucraniano Vladimir Zelensky, o Ministério da Saúde assinou um contrato para a compra da vacina da Sinovac Biotech contra COVID-19, para entrega no território ucraniano na primeira oportunidade", anunciou o gabinete presidencial em um comunicado.

    A Ucrânia está há alguns meses estudando medidas e tomando providências para vacinar sua população contra o novo coronavírus.

    Campanha de vacinação contra COVID-19
    © REUTERS / Pedro Nunes
    Campanha de vacinação contra COVID-19

    No início do mês, o Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI, na sigla em russo) e o Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya disseram estar preparados para ter a vacina Sputnik V produzida na Ucrânia.

    Desta forma, a produção da vacina russa contra o novo coronavírus ganharia mais um país parceiro para a produção do imunizante.

    ​Um total de 1.045.348 casos de coronavírus foram registrados na Ucrânia, com 18.324 mortes, segundo dados publicados pela Reuters.

    As infecções por coronavírus na Ucrânia começaram a aumentar em setembro e têm estado consistentemente altas desde então, provocando vários bloqueios nacionais.

    O governo anunciou neste mês que introduziria restrições severas em janeiro, fechando escolas, cafés, restaurantes, academias e centros de entretenimento.

    Tema:
    Mundo enfrenta coronavírus no final de dezembro (111)

    Mais:

    SARS-CoV-2: vacina russa Sputnik V poderá ser produzida na Ucrânia, diz RFPI
    Com possível aumento de 1 milhão de pobres, Ucrânia recebe US$ 300 milhões do Banco Mundial
    Presidente da Ucrânia diz que Biden tinha 'laços estreitos' com seu país
    Tags:
    vacina, novo coronavírus, COVID-19, pandemia, saúde, governo, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar