09:20 03 Março 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    317
    Nos siga no

    O presidente eleito dos EUA, Joe Biden, entende a Ucrânia melhor do que Donald Trump, disse neste sábado (19) o presidente da Ucrânia, Vladimir Zelensky.

    "Antes de sua presidência, ele [Biden] tinha laços estreitos com a Ucrânia e entende bem os russos, entende a diferença entre Ucrânia e Rússia e, me parece, entende a mentalidade ucraniana", disse Zelensky, em entrevista publicada por The New York Times.

    O presidente ucraniano acrescentou que a experiência de Biden pode ajudar a fortalecer as relações de Kiev com Washington.

    "Parece-me que Joe Biden conhece a Ucrânia melhor do que o presidente anterior", disse Zelensky ao Times.

    Durante os anos do governo de Barack Obama, Biden foi encarregado das relações com a Ucrânia, onde trabalhou com sucesso para reprimir a corrupção e, depois de 2014, acabar com a guerra no leste do país, uma área conhecida na Ucrânia como Donbass.

    Esse histórico mais os negócios de seu filho Hunter Biden suscitaram fortes críticas por parte de Trump, que via Biden como um potencial rival para a presidência. Essa dinâmica atraiu as atenções dos políticos americanos para a Ucrânia poucos meses depois de Zelensky tomar posse como presidente.

    "Eles nos envolveram, mas acho que nos comportamos com dignidade adequada a um país soberano", disse Zelensky, um ex-comediante que se tornou político, falando mais livremente sobre o assunto por causa do fim do mandato de Trump.

    O presidente ucraniano avaliou que os EUA se relacionam com a Ucrânia como se relacionam com a democracia. "Não importa quem seja o presidente, ele sempre respeitará a democracia e, da mesma forma, seja quem for o presidente sempre haverá essa relação com a Ucrânia. Pelo menos, é assim que eu vejo”, finalizou Zelensky.

    Mais:

    Presidente da Ucrânia é hospitalizado com COVID-19
    SARS-CoV-2: vacina russa Sputnik V poderá ser produzida na Ucrânia, diz RFPI
    Com possível aumento de 1 milhão de pobres, Ucrânia recebe US$ 300 milhões do Banco Mundial
    Tags:
    diplomacia, Joe Biden, relações exteriores, EUA, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar