15:49 15 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 64
    Nos siga no

    O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan disse nesta sexta-feira (4) que espera que a França se livre em breve do presidente Emmanuel Macron, descrevendo-o como um problema para a França que está passando por tempos perigosos.

    Nos últimos meses as relações entre Paris e Ancara têm estado particularmente tensas devido às divergências políticas na Síria e a publicação de caricaturas sobre o Profeta Maomé na França.

    "Macron é um problema para a França. A França está passando por um período muito perigoso. Espero que a França se livre do problema que Macron representa o mais rápido possível," afirmou Erdogan.

    Líder turco acrescentou ainda que, "caso contrário, ela [a França] não será capaz de se livrar dos 'coletes amarelos'. Mais tarde os coletes amarelos podem transformar-se em coletes vermelhos. Esse é o perigo que ela enfrenta".

    Ao longo dos anos, a Turquia e a França têm expressado divergências sobre uma série de questões geopolíticas, no entanto, a discórdia se transformou em uma feia rixa política após declarações de Erdogan em que ele disse que Macron precisava de "exame de saúde mental".

    Posteriormente, a revista satírica Charlie Hebdo publicou caricaturas do presidente turco, o que gerou muita polêmica e fortes condenações por parte das autoridades turcas.

    Mais:

    Turquia exige desculpas da França após incidente no mar Mediterrâneo
    Após França criticar ações turcas no Mediterrâneo, Erdogan adverte Macron: 'Não se meta com Turquia'
    Turquia convoca encarregado de negócios francês por caricaturas de Erdogan
    Tags:
    França, Turquia, Síria, geopolítica, crise política, Emmanuel Macron, Recep Tayyip Erdogan
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar