15:44 15 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    150
    Nos siga no

    O governo sérvio revogou sua decisão de expulsar o embaixador de Montenegro na Sérvia, Tarzan Milosevic, a pedido do presidente sérvio, Aleksandr Vucic, disse a primeira-ministra sérvia Ana Brnabic neste domingo (29).

    A Sérvia declarou Milosevic como persona non grata no sábado (28) antes de expulsá-lo do país. A medida foi uma retaliação contra Montenegro, que anteriormente expulsou o embaixador sérvio do país, Vladimir Bozovic.

    De acordo com a primeira-ministra Sérvia, Vucic se reuniu com ela e com o chanceler sérvio, Nikola Selakovic, no início deste domingo (29). Durante o encontro, Selakovic afirmou que "a vida é mais importante do que convenções diplomáticas" e que "chegou a hora de consertar as relações com Montenegro".

    "O presidente pediu que reconsiderássemos a decisão do chanceler. Também consultamos os representantes dos sérvios em Montenegro, que apoiaram a medida. É por isso que nesta reunião decidimos que a Sérvia retiraria unilateralmente sua decisão de expulsar o embaixador de Montenegro da Sérvia", disse Brnabic.
    A bandeira de Montenegro
    © CC0
    A bandeira de Montenegro

    No sábado (28), o Ministério das Relações Exteriores de Montenegro havia declarado Bozovic como persona non grata, acusando-o de ingerência nos assuntos internos de Montenegro e de comportamento incompatível com os padrões do serviço diplomático.

    Mais:

    Protestos na Sérvia: polícia detém 71 pessoas em manifestação em Belgrado (FOTOS)
    'Especialistas russos são incríveis': famosa virologista sérvia afirma que aceitaria vacina russa
    Sérvia quer transferir sua embaixada para Jerusalém em 2021, afirma serviço de imprensa de Israel
    Tags:
    Montenegro, Sérvia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar