09:04 28 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    COVID-19 no mundo no fim de novembro (54)
    0 30
    Nos siga no

    Neste sábado (21), durante a reunião de cúpula do G20, o presidente da França, Emmanuel Macron, defendeu que países pobres tenham prioridade na distribuição da vacina contra a COVID-19.

    O presidente francês afirmou que as principais economias do mundo deveriam unir esforços para criar um sistema que privilegie os países menos desenvolvidos na entrega das primeiras doses de possíveis vacinas contra o novo coronavírus.

    Macron disse ainda que os países do G20 têm capacidade para produzir "tecnologia confiável contra a COVID-19" em escala global e em massa. Diversas vacinas têm apresentado resultados positivos de eficácia nas últimas semanas.

    "Portanto, sugiro que esforços sejam combinados para a construção de um sistema que promova que as primeiras doses da vacina produzida pelas empresas sejam direcionadas aos países menos desenvolvidos", disse Macron.

    A pandemia de COVID-19 e a crise econômica relacionada estão entre os principais temas da agenda da cúpula do G20 em andamento, que começou neste sábado (21).

    Possível vacina contra a COVID-19 desenvolvida pela Pfizer em parceria com o laboratório Biontech.
    © REUTERS / Dado Ruvic
    Possível vacina contra a COVID-19 desenvolvida pela Pfizer em parceria com o laboratório Biontech.

    A COVID-19 foi detectada pela primeira vez na China, em dezembro de 2019, e se espalhou pelos principais centros urbanos do mundo rapidamente. Em março, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou que a disseminação da doença se tornou uma pandemia.

    Segundo os dados da Universidade Johns Hopkins, até agora foram registrados 57.775.599 casos da doença no mundo inteiro e quase 1,4 milhão de mortes causadas pela COVID-19.

    Tema:
    COVID-19 no mundo no fim de novembro (54)

    Mais:

    Lavrov: G20 reflete mundo multipolar e prova incapacidade do G7
    'Não voltamos para a idade da pedra', diz ministro saudita na abertura da conferência do G20
    Macron acusa Rússia e Turquia de alimentarem sentimento antifrancês na África
    Tags:
    OMS, G20, Emmanuel Macron, COVID-19, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar