12:17 03 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 30
    Nos siga no

    A Comissão Eleitoral Central (CEC) da Moldávia adotou o protocolo do segundo turno presidencial e reconheceu a candidata Maia Sandu como vencedora, informou o presidente da comissão, Dorin Cimil, nesta sexta-feira (20).

    "A Comissão Eleitoral Central decidiu adotar o protocolo do segundo turno da eleição para presidente da Moldávia; reconhecer Maia Sandu, candidata do Partido Ação e Solidariedade, como vencedora das eleições presidenciais; apresentar a informação ao Tribunal Constitucional da Moldávia, a fim de certificar os resultados das eleições. O projeto foi apoiado por oito votos, a decisão foi tomada por unanimidade", declarou Cimil.

    No domingo (15), a Moldávia realizou o segundo turno das eleições presidenciais, quando o atual presidente, Igor Dodon, disputou com a ex-primeira-ministra, que agora ocupará o cargo de chefe de Estado pelos próximos quatro anos.

    Mesário verifica informações de um eleitor em seção eleitoral durante o segundo turno da eleição presidencial na Moldávia
    © REUTERS / VLADISLAV CULIOMZA
    Mesário verifica informações de um eleitor em seção eleitoral durante o segundo turno da eleição presidencial na Moldávia

    Segundo dados da CEC divulgados na segunda-feira (16), 52,78% dos eleitores compareceram às urnas. Na Moldávia, o voto não é obrigatório. Maia Sandu será a primeira mulher presidente do país.

    Mais:

    Papa parabeniza Joe Biden por eleição nos Estados Unidos
    Decisivo na eleição dos EUA, todos os condados de Michigan certificam resultados da votação
    Maia Sandu vence as eleições presidenciais da Moldávia; Dodon diz que vai contestar
    Tags:
    tribunal, comissão, presidente, eleições, Moldávia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar