04:46 26 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    1201
    Nos siga no

    O grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia e em uma série de países) teria reivindicado a responsabilidade pelo ataque terrorista em Viena, conforme relata a agência Reuters.

    O tiroteio em Viena na noite de segunda-feira (2) deixou quatro pessoas mortas e mais de 20 feridas, além de um agressor que foi morto pela polícia durante a operação especial.

    A organização terrorista Daesh teria assumido a responsabilidade pelo ataque em Viena, informou a Reuters, citando uma declaração do grupo no Telegram.

    Policiais patrulham as ruas de Viena, na Áustria.
    © REUTERS / Leonhard Foeger
    Policiais patrulham as ruas de Viena, na Áustria.

    No início desta terça-feira (3), o ministro do Interior austríaco, Karl Nehammer, revelou a identidade do agressor que foi morto pela polícia. Identificado como Kujtim Fejzulai, o atirador tinha raízes na nação balcânica da Macedônia do Norte e tinha uma condenação anterior sob uma lei que pune a participação em organizações terroristas, disse o ministro.

    Em 2019, ele foi condenado a 22 meses de prisão por ter tentado viajar para a Síria para ingressar no grupo terrorista Daesh, mas foi libertado antecipadamente em dezembro.

    De acordo com a polícia, pelo menos 14 pessoas foram presas na Áustria após batidas em 18 propriedades em operação especial de busca contra os responsáveis pelos ataques em Viena.

    Mais:

    Mídia revela detalhes do atirador morto durante ataque em Viena
    Líderes mundiais se pronunciam sobre ataques violentos em Viena: 'Crime cínico e cruel'
    Duas pessoas são presas na Suíça suspeitas de estarem conectadas com ataques em Viena, diz polícia
    Tags:
    Áustria, Estado Islâmico, Viena, terrorismo, Daesh
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar