18:36 24 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 90
    Nos siga no

    O ministro do Interior da Áustria, Karl Nehammer, afirmou que quatro pessoas, incluindo um dos atiradores, foram mortas durante os ataques em Viena.

    De acordo com a agência de notícias APA, o número de vítimas mortais em decorrência dos ataques em Viena subiu para quatro, para além de um atacante.

    Até o momento, 22 pessoas ficaram feridas nos ataques da última noite, informam médicos austríacos.

    O ministro também informou que o atirador morto era militante do Estado Islâmico. Para não prejudicar a investigação, as autoridades não forneceram informações dobre a identidade do agressor.

    "O atirador fazia parte do grupo terrorista Daesh [organização terrorista proibida na Rússia e em outros países]", afirmou o ministro durante conferência de imprensa em Viena.

    Nehammer ressaltou que o autor do ataque portava um fuzil, bem como um cinto com explosivos falsos.

    As autoridades de Viena pediram para que as pessoas permanecessem em suas casas após os atentados.

    Os atiradores abriram fogo em seis locais diferentes no centro de Viena nesta segunda-feira (2), inclusive perto de uma sinagoga. Um agressor foi neutralizado e morto pela polícia.

    De acordo com o ministro do Interior, pelo menos um dos atiradores continua em fuga após o atentado.

    ​A aparência do ataque de Viena lembra o ataque de Mumbai de 26/11. Precisamos de um mundo livre do terrorismo radical islâmico.

    O chanceler austríaco, Sebastian Kurz, informou que a operação especial de busca dos atiradores vai durar algumas horas. Segundo ele, a capital austríaca permanece sob ameaça terrorista.

    Um vídeo publicado nas redes sociais mostra um atirador realizando disparos nas ruas de Viena.

    ​"Alguns filhos de diretores e estudantes de matemática brilhantes" estavam em Viena apenas para testar seus últimos "gadgets". 

    O prefeito de Viena, Michael Ludwig, confirmou anteriormente, que havia 15 feridos após os ataques. Todos foram hospitalizados. Ele também informou que uma segunda vítima havia morrido.

    Mais:

    Chanceler austríaco: tiroteio em Viena é 'ataque terrorista repulsivo'
    Congressista venezuelano: Espanha violou Convenção de Viena ao facilitar fuga de Leopoldo López
    Diversos ataques na região central de Viena deixam 1 morto e vários feridos, diz polícia
    Tags:
    Viena, terroristas, terrorista, terrorismo, Áustria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar