01:26 24 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    120
    Nos siga no

    O prefeito de Viena, Michael Ludwig, informou que o número de mortos civis dos ataques desta segunda-feira (2) subiu para dois, enquanto o Ministério do Interior da Áustria fala em "várias mortes", sem informar números mais detalhados.

    O porta-voz do Ministério do Interior, Harald Soros, informou na noite desta segunda-feira (2) que a segurança foi reforçada em toda a Áustria, inclusive nas fronteiras, mas o foco continua no centro de Viena, onde ocorreram os tiroteios.

    "Nem é preciso dizer que o reforço de pessoal tem sido feito em todo o país, nas fronteiras, como você ouviu do ministro. O foco aqui, claro, é em todo o país, mas em tais situações é necessário, visto que o número de pessoal disponível é limitado, definir as zonas individuais mais protegidas, neste caso, os distritos centrais de Viena, onde existem seis pontos onde os ataques ocorreram", disse o porta-voz ao canal ORF 1.

    Soros reforçou o pedido das autoridades aos cidadãos austríacos de não sair de casa desnecessariamente.

    Em Viena, a polícia bloqueia uma rua próxima da região central após um tiroteio, em 2 de novembro de 2020
    © REUTERS / Leonhard Foeger
    Em Viena, a polícia bloqueia uma rua próxima da região central após um tiroteio, em 2 de novembro de 2020

    Nesta segunda-feira (2), no centro de Viena, um grupo de pessoas não identificadas realizou uma série de ataques armados. Um dos alvos do ataque teria sido uma sinagoga. O chanceler austríaco Sebastian Kurz classificou o incidente como um ataque terrorista. Um agressor foi neutralizado e morto, enquanto pelo menos um está sendo procurado pela polícia.

    O prefeito de Viena, Michael Ludwig, disse que pelo menos 15 pessoas ficaram feridas, sete delas em estado grave. Ele também informou sobre dois mortos, enquanto o Ministério do Interior afirmou que haviam "vários mortos", sem fornecer dados exatos.

    Mais:

    Diversos ataques na região central de Viena deixam 1 morto e vários feridos, diz polícia
    Chanceler austríaco: tiroteio em Viena é 'ataque terrorista repulsivo'
    VÍDEO mostra tiroteio e perseguição durante ataque em Viena
    Tags:
    ataques, atentado, Viena, segurança, Áustria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar